Islão a nu – Para tomar consciência do terror

Osama Bin Laden – Islão Islam Islamismo muçulmanos mau-metanos

Alcorão e Islamismo – Seus Erros

Posted by ombl em Outubro 11, 2006

Geralmente, encontramos muito material referente às contradições encontradas nas passagens da Bíblia mas pouca coisa é escrita ou comentada a respeito de outras crenças religiosas. Foi pensando nisso que, resumimos aqui, algumas contradições baseadas em textos do Alcorão (o “Livro Sagrado” do islamismo). Informamos também que, o texto a seguir é apenas parte do ponto de vista céptico e não foi escrito com o intuito de ofender ou profanar quaisquer crenças religiosas e/ou filosóficas.

AS VÁRIAS VERSÕES DO ALCORÃO

A versão do Alcorão usada atualmente foi basicamente compilada por um só homem, Zaid bin Thabit, sob as instruções de ‘Uthman ibn ‘Affan, o Terceiro Califa – chefe muçulmano -, cerca de vinte anos depois da morte de Maomé (o fundador da religião islâmica). Sua revisão final de todo o material escrito veio a tornar-se o Alcorão oficial e, Uthman ordenou a destruição de todas as outras versões existentes na época. Muitos protestaram contra, e este ato mostra que haviam importantes variações entre as diferentes versões do Alcorão.

De acordo com a tradição, Mas’ud, que estava narrando as suratas (cada um dos capítulos em que se divide o Alcorão) enquanto Zaid ainda era um bebê, era companheiro de Maomé, que escreveu seu próprio Alcorão. Outro escritor, Ubay, era o secretário pessoal de Maomé. Estas primeiras versões descordam com a de Zaid, por exemplo nas suratas 2:204, 4:101, 4:143, 5:48 e 17:6. As suratas completas encontradas em uma versão estão faltando na outra.

Portanto o Alcorão possivelmente possui partes perdidas e adicionadas aos ensinamentos originais de Maomé, o que é contraditório à afirmação islâmica que diz que o seu “Livro Sagrado” é uma transcrição perfeita das tábulas do céu, recitadas à Maomé pelo anjo Gabriel.

CONTRADIÇÕES GERAIS

As leis muçulmanas refletem uma sociedade machista. Homens podem ter as mulheres como um patrimônio (surata 4:11,176). Além disso para as quatro esposas permitidas pela lei, um muçulmano pode ter um ilimitado número de jovens escravas como concubinas (ou parceiras sexuais), de acordo com a surata al-Nisa 4:24-25. Até o paraíso implica em desigualdades sexuais: as suratas 55:56, 55:36 e 78:33 determinam que o paraíso é um lugar onde existem belas moças virgens esperando para servir “corretamente” (surata 78:31). Essas jovens terão grandes, lustrosos e belos olhos (surata 56:22). Elas serão donzelas pudicas, que evitam tirar seus olhos da pureza (suratas 55:56 e 55:22), e possuem um estado de complexão rosa (suratas 55:58 e 52:11). Mas, de onde surgiram essas virgens e, o que espera as mulheres no céu? Como diz um texto de Steven Carr, as leis do casamento, no Alcorão, são consideravelmente convenientes para Maomé.

Os autores do Alcorão disseram que ninguém havia usado o nome de Yahya antes de João Batista (surata 19:7), porém encontramos o nome mencionado no Velho Testamento (II Reis 25:23) indicando que o mesmo era conhecido séculos antes de o próprio Alcorão ser escrito.

Por engano, o autor da surata 5:116 pensou que os cristãos adoravam três deuses: o Pai, a Mãe (Maria) e o Filho (Jesus). Isso mostra, mais uma vez, a falta de relatos verídicos no Alcorão.

Suratas 7:54, 10:3, 11:7 e 25:59 determinam com clareza que Deus criou “os céus e a terra” em seis dias. Mas as suratas 41:9-12 detalham que a criação demorou mais de oito dias.

Segundo o Alcorão (surata 18:89-98), Alexandre Magno seria um devoto muçulmano e teria vivido por muito tempo. Porém, os registros históricos mostram que Alexandre Magno morreu jovem – aos trinta e três anos de idade (356-323 a.C.). Diz também que ele era considerado divino, fato que é uma blasfêmia para os muçulmanos. E, para completar, Alexandre ergueu nas margens do Rio Bias (no noroeste da Índia) doze altares para doze deuses gregos, provando mais uma vez que o Alcorão apresenta erros históricos e religiosos.

Enfim, como qualquer outro “Livro Sagrado” o Alcorão prova que está recheado de mitos e lendas, grandes contradições históricas e passagens enganosas. De maneira alguma essa é a palavra sagrada de Deus.

————

Ver também
Vídeos Vídeos no Youtube – muhammadtubecom is a New Acoount for  videos
http://www.youtube.com Watch and See How Stupid Islam Is
http://www.youtube.com ISLAMIC UNIVERSITY 1 – ISLAM

link – Respondendo ao Islão
Link-CONTRADIÇÕES DENTRO DO ALCORÃO
www.godofreason.com_ GOD VERSUS ALLAH (THE ANTI GOD): EVIL IN THE NAME OF GOD

==»»Centro Apologético Cristão de Pesquisas – Resposta ao alcorão

Neste blog Islão – Converter pela mentira

Blog Idiot’s guide to Islam
Lista de vídeos Idiot’s Guide to Islam
http://rafik-rafikresponde.blogspot.com/____Rafik Responde ao Isla

About these ads

48 Respostas to “Alcorão e Islamismo – Seus Erros”

  1. Antonio said

    Olá
    Vou responder a vcs sobresuas indagações:

    Quando o Profeta deu seu último suspiro, uma rebelião estava tomando vulto em certas partes do país. Tentando debelá-la, várias pessoas que sabiam o Alcorão de cor tombaram. O Califa Abu Bakr sentiu a urgência da codificação do Alcorão e a tarefa foi cumprida em um mês depois da morte do Profeta.
    Durante seus últimos anos de vida, o Profeta costumava usar Zaid Ibn Sabet como principal escriba, para tomar em ditado as revelações recentemente recebidas. Abu Bakr encarregou a mesma pessoa da tarefa de preparação de uma cópia decente de todo o texto em forma de livro. Havia então em Madina vários Hafizes (aqueles que sabiam todo o Alcorão de cor), e Zaid era um deles. Sob a direção do Califa, Zaid transcreveu o texto escrito em pergaminhos ou pedaços de couro, nas omoplatas das reses, nos ossos, nas pedras polidas e mesmo em pedaços de porcelana.
    A cópia decente, assim preparada, foi chamada de Musshaf (encardenação). Esta foi conservada sob a própria custódia do Califa Abu Bakr e, depois dele, por seu sucessor, Omar Ibn Al-Khatab. Nesse meio tempo o estudo do Alcorão foi encorajado em toda parte do Império Muçulmano. O Califa Omar sentiu a necessidade de enviar cópias do texto autêntico aos centros provincianos, a fim de evitar as divergências; mas foi deixado a seu sucessor, Uthman continuar com a tarefa. Um de seus comandantes, Huzaifa Aliaman, havendo voltado de uma viagem pelas vastas terras conquistadas pelos muçulmanos, relatou que havia encontrado divergentes cópias do Alcorão e que havia, às vezes, desentendimento entre os diferentes mestres do Livro, concernentes a isso. Uthman fez imediatamente com que a cópia preparada para Abu Bakr fosse confiada a uma comissão presidida pelo acima mencionado Zaid Ibn Sabet, para a reprodução de sete cópias; ele autorizou-lhes a revisão da pronúncia, se necessário.
    —————————————————————————————————————–
    Nota da edição do blog sobre a afirmação “…vastas terras conquistadas pelos muçulmanos…”, texto realçado pela edição.
    De vez em quando, descaem-se e dizem algumas verdades.
    Afinal sempre reconhecem que usaram violência e guerra na conquista de vastas terras.
    Deus jamais precisaria fazer isso.
    —————————————————————————————————————–

    • tiago said

      LEIAM O MEU COMENTÁRIO LOGO ABAIXO NA MINHA RESPOSTA AO AMIR,CONHEÇAM OS TRABALHOS DE BRUCE METZGER,NORMAN GEISLER E WILLIAM NIX,ESTES ESPECIALISTAS PROVAM QUE A BÍBLIA NÃO FOI MODIFICADA.

  2. Antonio said

    Quando a tarefa foi concluída, o Califa efetuou uma recitação pública da nova edição perante os doutos presentes na capital,perante os Companheiros do Profeta, e então enviou estas cópias aos diferentes centros do vasto mundo islâmico, ordenando que dali por diante todas as cópias fossem baseadas na edição autêntica. Ele ordenou a destruição das cópias que, de algum modo, se desviassem do texto assim oficialmente estabelecido.
    É concebível que as grandes conquistas militares dos primeiros muçulmanos induzissem alguns espíritos hipócritas a proclamarem sua impulsiva conversão ao Islam por motivos materiais, e para tentar danificá-lo de maneira clandestina. Eles fabricaram versões do Alcorão com interpolações. As “ lágrimas de crocodilo”, que foram derramadas pela destruição das cópias não autenticadas do Alcorão por ordem do Califa Uthman, somente poderiam ter sido de tais hipócritas. É sabido que o Profeta às vezes ab-rogava certos versículos que haviam sido comunicados previamente ao povo, e isso era feito para fortificar as novas Revelações Divinas. Houve Companheiros que aprenderam a primeira versão, sem contudo estarem cientes das últimas modificações, tanto por causa da morte do Profeta como por suas residências fora de Madina. Estes devem ter deixado cópias a seus descendentes, as quais, embora autênticas, estavam ultrapassadas. Ainda, alguns muçulmanos tinham o hábito de pedir ao Profeta que explicasse certos termos empregados no texto sagrado e anotar tais explicações nas margens de suas cópias do Alcorão, a fim de não se esquecerem delas. As cópias feitas mais tarde, com base nesses textos anotados, causariam às vezes confusões na questão do texto e do glossário.

  3. Antonio said

    Os autores do Alcorão disseram que ninguém havia usado o nome de Yahya antes de João Batista (surata 19:7), porém encontramos o nome mencionado no Velho Testamento (II Reis 25:23) indicando que o mesmo era conhecido séculos antes de o próprio Alcorão ser escrito.
    R. O texto está assim: Ouvindo, pois, os capitães dos exércitos, eles e os seus homens, que o rei de Babilônia pusera a Gedalias por governador, vieram a Gedalias, a Mizpá, a saber: Ismael, filho de Netanias, e Joanã, filho de Careá, e Seraías, filho de Tanumete, o netofatita, e Jazanias, filho do maacatita, eles e os seus homens. Cade o nome Yahia?

    Segundo o Alcorão (surata 18:89-98), Alexandre Magno seria um devoto muçulmano e teria vivido por muito tempo. Porém, os registros históricos mostram que Alexandre Magno morreu jovem – aos trinta e três anos de idade (356-323 a.C.). Diz também que ele era considerado divino, fato que é uma blasfêmia para os muçulmanos. E, para completar, Alexandre ergueu nas margens do Rio Bias (no noroeste da Índia) doze altares para doze deuses gregos, provando mais uma vez que o Alcorão apresenta erros históricos e religiosos.
    R. Na verdade no texto está escrito Zil Carnain e não Alexandre Magno e conforme a maioria dos sábios Zil Carnaim nada tem haver com Alexandre Magno.
    Suratas 7:54, 10:3, 11:7 e 25:59 determinam com clareza que Deus criou “os céus e a terra” em seis dias. Mas as suratas 41:9-12 detalham que a criação demorou mais de oito dias.
    Na verdade este erro não existe tanto a criação dos céus como da terra aconteceram ao mesmo tempo 2 dias.

  4. Antonio said

    As leis muçulmanas refletem uma sociedade machista. Homens podem ter as mulheres como um patrimônio (surata 4:11,176).

    R. simplesmente ridiculo os dois versiculos tratam de herança veja só:
    Deus vos prescreve acerca da herança de vossos filhos: Daí ao varão a parte de duas filhas; se apenas houver filhas, e estas forem mais de duas, corresponder-lhes-á dois terços do legado e, se houver apenas uma, esta receberá a metade. Quanto aos pais do falecido, a cada um caberá a sexta parte do legado, se ele deixar um filho; porém, se não deixar, prole e a seus pais corresponder a herança, à mãe caberá um terço; mas se o falecido tiver irmãos, corresponderá à mãe um sexto, depois de pagas as doações e dívidas. É certo que vós ignorais quais sejam os que estão mais próximos de vós, quanto ao benefício, quer sejam vossos pais ou vossos filhos. Isto é uma prescrição de Deus, porque Ele é Sapiente, Prudentíssimo.
    Consultar-te-ão a respeito da herança de um falecido, em estado de “kalala”; dir-lhes-ás: Deus já vos instruiu a este respeito: se uma pessoa morrer, sem Ter deixado prole e tiver uma irmã, corresponderá a metade de tudo quanto deixe; e se ela morrer, ele herdará dela, uma vez que esta não deixe filhos. Porém, se ele tiver duas irmãs, estas herdarão dois terços do que ele deixar; e se houver irmãos e irmãs, corresponderá ao varão a parte de duas mulheres. Deus vo-lo esclarece, para que não vos desvieis, porque é Onisciente.
    Basta ler e verás q o q vcs falaram logo acima é totalmente infundado, o homem recebe a mais na herança porque é ele que deve sustentar a família é obrigação única dele.

    Além disso para as quatro esposas permitidas pela lei, um muçulmano pode ter um ilimitado número de jovens escravas como concubinas (ou parceiras sexuais), de acordo com a surata al-Nisa 4:24-25.
    R. Tem certeza disso
    24.Também vos está vedado desposar as mulheres casadas, salvo as que tendes à mão. Tal é a lei que Deus vos impõe. Porém, fora do mencionado, está-vos permitido procurar, munidos de vossos bens, esposas castas e não licenciosas. Dotai convenientemente aquelas com quem casardes, porque é um dever; contudo, não sereis recriminados, se fizerdes ou receberdes concessões, fora do que prescreve a lei, porque Deus é Sapiente, Prudentíssimo.
    25.E quem, dentre vós, não possuir recursos suficientes para casar-se com as fiéis livres, poderá fazê-lo com uma crédula, dentre vossas cativas fiéis, porque Deus é Quem melhor conhece a vossa fé – procedeis uns dos outros; casai com elas, com a permissão dos seus amos, e dotai-as convenientemente, desde que sejam castas, não licenciosas e não tenham amantes. Contudo, uma vez casadas, e incorrerem em adultério, sofrerão só a metade do castigo que corresponder às livres; isso, para quem de vós temer cair em pecado. Mas se esperardes, será melhor; sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo.
    Aqui fala caso vc não possa casar com uma mulher livre case com uma escrava, mas que viva com ela de maneira matrimonial e não em comcubinagem o que é uma negação clara da afirmação dita por vcs logo acima.

    • Anónimo said

      Porém, fora do mencionado, está-vos permitido procurar, munidos de vossos bens, esposas castas .
      Muito claro que as concubinas eram super naturais naquele meio por que Maomé diz: esposaS; no plural castaS.

  5. Antonio said

    Até o paraíso implica em desigualdades sexuais: as suratas 55:56, 55:36 e 78:33 determinam que o paraíso é um lugar onde existem belas moças virgens esperando para servir “corretamente” (surata 78:31).
    R. Vamos vero que diz estes versiculos:
    55:36.(Será) quando o céu se fender e derreter; e se avermelhar como um ungüento.
    55:56.-Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
    78:31 Por outra, os tementes obterão a recompensa,
    Os trés versículos citados não falam nada disso.
    Essas jovens terão grandes, lustrosos e belos olhos (surata 56:22). Elas serão donzelas pudicas, que evitam tirar seus olhos da pureza (suratas 55:56 e 55:22), e possuem um estado de complexão rosa (suratas 55:58 e 52:11).
    R. Vamos ver os versículos:
    56:22.Em companhia de huris, de cândidos olhares,
    R. As huris são criaturas criadas por Deus especialmente para os habitantes do paraíso só isso que sabemos.
    55:22.De ambos saem as pérolas e os corais.
    55:56.-Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
    55:58. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
    52:11 Ai, nesse dia, dos desmentidores.
    R. quatro versículos que não tem nada haver com o que foi dito neste site é lamentável que pessoas falem mal do islam e nem se dão o trabalho de lerem o Alcorão.

    Mas, de onde surgiram essas virgens e, o que espera as mulheres no céu?
    R. Lamentável usar versículos que nada tem haver e ainda querer argumentar alguma coisa.
    Como diz um texto de Steven Carr, as leis do casamento, no Alcorão, são consideravelmente convenientes para Maomé.
    R. Tem certeza? As leis de casamento islamico é impõe ao homem a obrigação exclusiva de sustentar a família exonerando completamente a mulher de tal obrigação, diferente do ocidente onde a mulher é obrigada a sustentar a família também.

    Respondi a todas as suas perguntas e mostrei que vocês ignoraram completamente o Alcorão Sagrado.

    tchau

  6. Antonio said

    Por engano, o autor da surata 5:116 pensou que os cristãos adoravam três deuses: o Pai, a Mãe (Maria) e o Filho (Jesus). Isso mostra, mais uma vez, a falta de relatos verídicos no Alcorão.
    R. Vamos ver o versículo:
    E recordar-te de quando Deus disse: Ó Jesus, filho de Maria! Foste tu quem disseste aos homens: Tomai a mim e a minha mãe por duas divindades, em vez de Deus? Respondeu: Glorificado sejas! É inconcebível que eu tenha dito o que por direito não me corresponde. Se tivesse dito, tê-lo-ias sabido, porque Tu conheces a natureza da minha mente, ao passo que ignoro o que encerra a Tua. Somente Tu és Conhecedor do incognoscível.

    Está bem claro que se trata da adoração de Jesus e da Virgem Maria nas diversas Nossa Senhora existentes pelo mundo feita pelos cristãos até os dias de hoje. Mais uma tentativa lamentável de criticarem o islam sem conhecimento algum.

    E ainda faltou um versículo anteriormente o 78:31.Por outra, os tementes obterão a recompensa,
    Que em nada muda o que foi dito por mim.

    Não seria interessante que vocês deixassem de mentir dizendo serem ex-muçulmanos, pois nem conhecem o alcorão sagrado direito, cometem erros infantis que qualquer recem- revertido rebate facilmente. Convido vocês a conhecerem o islam realmente e não estas mentiras que vocês propagam.

  7. ALXMRAM said

    o que que é isto???

  8. antonio said

    Olá

    Respondi a tudo que vc afirmou erroneamente, dá uma lida e verás!

  9. Anónimo said

    Como vê, nada melhor que a liberdade de expressão, não concorda ?
    Quanto às verdades do curão, a peregrinação a meca é autêntico paganismo, entre outras coisas.

  10. antonio said

    Olá
    Não mesmo, ela surgiu com Abraão. O problema é que os descendentes de Ismail tornaram se idolatras com o passar dos anos e a peregrinação foi mantida, mas completamente deturpada, desviada da origem. Foi o Profeta Mohmmad saws que corrigiu os erros que cometiam e até hoje a fazemos conforme nos ensinou o Profeta saws.

    • Ricardo Dantas said

      Me responda uma coisa meu caro,Ismael era árabe de qual descendência?Sua mãe Agar era árabe ou egípcia? Abraão era Caldeu (persa)ou árabe? Pq pelos meus conhecimentos,sei que os árabes foram mencionados na bíblia a partir de êxodo (quando Moisés casou-se com a filha de Jetro,que era um beduino do deserto! QUERO SABER A RESPOSTA PELOS MUÇULMANOS!

  11. Anónimo said

    Há fontes disso antes de maomé ?

  12. Knock Nevis said

    Ok, Antonio vamos lá:
    1- Além do Corão, há as famosas interpretações dos Califas, certo?! Segundo esssa interpretações, qual a descrição das “Huris” e qual sua finalidade no paraíso?

    2- Qual interpretação dos califas é a mais aceita no que diz respeito à existência de intercurso sexual no paraíso e o que ela diz?

    3- Qual o filho legítimo do casamento de Abraão: Ismael ou Isaque?

    4- Quantos milagres o profeta Mohamed realizou, sendo ele profeta maior que Jesus?

    5- Como escapar do inferno se o alcorão diz Ninguém vai escapar dele para sempre (Sura 15:43,44)?

  13. Omar Fauze Taha said

    Em nome de Allah o clemente o Misericordioso!
    qto mais vcs querem acabar com a imagem do Islam… mais o Islam cresce pq preocupamos com a humanina!!! queremos um mundo mais justo para todos.! Assalemualaikum que a paz e a bencao de Allah esteja com todos vcs!
    __________
    A seguir nota de edição.
    Sr. Omar.
    O Islão nada tem a ver com, paz, justiça, humanidade, fraternidade, liberdade, democracia, republica, racionalidade, lógica, bons sentimentos e outras coisas boas.
    O Islão é unicamente baseado no que uma única pessoa disse e fez para interesse próprio conforme as necessidades que tinha para dominar os outros.

  14. Nura said

    As respostas sao muito vagas a respeito do Islam

  15. Shalon! said

    MOHAMMAD TERIA PREDITO A SUA MORTE?

    Segundo os historiadores muçulmanos, Mohammad teria previsto a sua morte. No dia nove de Dhul-Hijja, ano 10 da Héigra, depois de meio-dia Mohammad montado camelo (fêmea) foi para o vale Uranah, para proferir o sermão histórico. (pág. 400) Neste sermão, Mohammad falou de doutrinas e cerimônias religiosas, normas de condutas para todos os momentos da vida pública e doméstica. (pág. 401) No fim do sermão Mohammad disse que não saberia se no próximo ano continuaria com eles.
    Quando terminou o sermão, Mohammad diz que já cumpriu a sua missão, logo os muçulmanos já viram que ele estava dizendo que morreria em pouco tempo e então começaram a chorar de tristeza. (pág. 403)
    A doença começou no mês de Safar, ano 11 (2º mês lunar). (pág. 410)
    No dia 28 de Safar do ano 11 da Hégira, Mohammad sentiu fortemente o efeito da doença. (pág. 409) Depois de um tempo, Mohammad chamou as suas esposas para saber onde passaria seus dias de doença e logo ficou resolvido que ele ficaria na casa de Aicha.
    Mohammad diz que sua filha Fátima seria a primeira a morrer depois dele com a mesma doença. Segundo os historiadores ela faleceu seis meses depois de sua morte. (pág. 414)
    Quatro dia antes da morte de Mohammad, seus companheiros foram visita-lo e ele citou as seguintes palavras: “Não deixardes nada fora deste livro” (pág. 415)
    Antes de morrer, Mohammad já tinha feito o testamento em que tinha ordenado que seus parentes próximos é que deveria transporta-lo depois de sua morte. Antes do meio dia na segunda feira, dia doze de Rabiul-Awal, terceiro mês do calendário lunar, morre Mohammad.(pág. 418)
    Agora eu pergunto! Se Mohammad sabia que iria morrer, por que não escolheu um sucessor? Como já foi dito acima, oportunidade não faltou para ele anunciar um sucessor. Sempre que Mohammad ficava ausente, ele anunciava um substituto. Dessa forma muitas pessoas o substituíram em vários momentos de sua vida. Até mesmo na sua doença ele nomeou um jovem general e um muçulmano, Abu Bakr para fazer as orações em seu lugar. Veja outros exemplos:
    O Profeta nomeia seu substituto, Ibn Umm Maktum.
    O Profeta nomeia seu substituto em Madina, Ibn Umm Maktum.(pág. 267)
    O Profeta no mês de Rabiul-Awal, do ano 6 da Hégira, nomeia seu substituto em Madina, Ibn Umm Maktum.
    Mohammad nomeia seu substituto em Madina, Abu Dujana Al Ansari. (pág. 398)
    Mohammad nomeia seu substituto em Madina, Ali Ibn Abi Talib. (pág. 370)
    Mohammad sempre que saia de Madina designava um governador para o substituir durante a sua ausência. (pág. 370)
    Será que ele depois de fazer o sermão onde afirmou tudo que havia dito e de ter tantas pessoas que ficaram em seu lugar, esqueceria de deixar um sucessor depois de sua morte para cuidar do que era o mais importante, a sobrevivência, a pureza e a expansão do Islam?
    Não! Acredito que se Mohammad soubesse que morreria de fato naquele momento, ele indicaria um sucessor.
    Tem vários historiadores muçulmanos que se divergem em muitas passagens e até aqueles que contrariam o próprio o Alcorão. Apesar disso tem dois historiadores muçulmanos no Bukhari e Musslim, que consta que Mohammad indicou quem seria seu sucessor. Esta passagem pode ter sido acrescentado na história de Mohammad muito tempo depois.(pág. 413)
    Pelo fato de Mohammad não ter deixado nenhum sucessor, aconteceu diversos desentendimento entre os muçulmanos depois da sua morte.
    Os muçulmanos Muhajarin e Ansar entraram em conflito entre si. Depois de muita confusão e desentendimento, foi que ficou decidido que Abu Bakr seria o sucessor de Mohammad. (pág. 421 à 423)
    Primeiro pelo houve consenso, depois com violentas lutas pelo o poder, os muçulmanos tiveram seus califas, às vezes dois ou três rivais governando ao mesmo tempo. Exemplo são os califados dos omíadas em Córdova (930 à 1030), dos fatimidas no Egito (969 à 1171) e dos abássidas em Bagdá (750 à 1258), sobrepondo-se de 969 à 1030. Desde de 1924, quando Kemal Ataturk aboliu o califado, o islamismo tem sido um emaranhado acéfalo de intrigas políticas intermináveis, especialmente no Oriente Médio.
    Surge ainda outro problema, o nascimento do movimento xiita. Os xiitas defendia que Ali, marido de Fátima, filha de Mohammad, como sucessor e herdeiro espiritual de Mohammad. O martírio do filho de Ali ocorreu no ano 680.
    Os xiitas hoje representa 10% da população muçulmana, eles não aceitam as tradições (histórias de Mohammad) somente o Alcorão, diferentemente dos muçulmanos sunitas.
    É difícil saber o que aconteceu com ele de fato, visto que os seus seguidores podem ter moldado os acontecimentos no momento de escrever a vida de Mohammad. As evidências deixam claro, que Mohammad, morreu de repente sem ter nomeado um sucessor.
    Evidentemente que isso colocaria em dúvida as profecias que dizem que Mohammad fez no Alcorão.
    Mesmo depois de sua morte, seus seguidores estavam confusos, pois Mohammad não disse onde deveria ser sepultado, se Maca, Medina ou Jerusalém. Mohammad não disse em que local de Madina deveria ser sepultado, uns diziam na mesquita, outros na sua própria casa ou no cemitério.
    Segundo os islâmicos, Mohammad veio para unir os árabes e fazer uma comunidade islâmica universal, mas a verdade é que logo após a sua morte os muçulmanos ficaram mais divididos que nunca.

  16. Shalon! said

    JESUS ABANDONADO PELOS DISCÍPULOS

    Os muçulmanos dizem que mesmo quando, Mohammad foi ferido, cercado, quase a beira da morte durante a guerra, seus seguidores demonstraram grande coragem em combater os inimigos e defende-lo. Eles dizem que não foi o que aconteceu quando Jesus foi perseguido, os seus discípulos, ao invés de defende-lo, acabaram abandonando-o. (pág. 95)
    Primeiramente devemos lembrar que os judeus esperavam um libertador, os discípulos não pensavam diferente. Por essa razão, Jesus por diversas vezes, disse que seria entregue para ser morto, embora os discípulos não entendiam e não aceitavam.
    Pedro chegou a dizer a Jesus: Tem compaixão de ti, Senhor; isso de modo algum acontecerá.
    Em outras palavras é como se Pedro dissesse que Jesus não morreria porque os discípulos estariam prontos para defende-lo. Mas na verdade, Jesus não queria uma revolta armada, pois ele sabia qual que era a sua missão.
    Quando Jesus estava no Getsêmani, grande turba com espadas e porretes, vinda da parte dos principais sacerdotes e dos anciãos do povo, vieram para o prender.(Mateus 26:47)
    Um dos que estavam com Jesus, estendendo as mãos, sacou da espada e golpeando o servo do sumo sacerdote, cortou-lhe a orelha. (Mateus 26:51)
    O Messias vendo isso, deixa bem claro que se quisesse seria salvo, sem nenhuma intervenção humana. Disse Jesus: Acaso pensas que não posso rogar a meu Pai e ele me mandaria neste momento mais de doze legiões de anjos? (Mateus 26:53)
    Tudo isto, porém, aconteceu para que se cumprissem as Escrituras dos profetas. Então, os discípulos todos deixando-o fugiram. (Mateus 26:56)
    Para complementar, abaixo estão duas profecias do Velho Testamento que dizia que o Messias seria abandonado pelos seus companheiros.
    Profecia feita em 500 anos antes de Cristo.
    Desperta, ó espada, contra o meu pastor e contra o homem que é o meu companheiro, diz o Senhor dos Exércitos; fere o pastor e as ovelhas ficarão dispersas; mas volverei a mão para os pequeninos. (Zacarias 13:7 )
    Profecia feita em quase 1000 anos antes de Cristo.
    Os meus amigos e companheiros afastam-se da minha praga e os meus parentes ficam de longe. (Salmo 38:11)

  17. Shalon! said

    O CASAMENTO PODE SER FORÇADO NO ISLAMISMO?

    Os muçulmanos ocidentais dizem que não. Mas não é o que vemos nos países muçulmanos e nos livros islâmicos “A virgem pode ser obrigada por seu pai a ser dada em casamento sem ser consultada”. Isto é o que Ibn Timiyya (conhecido entre os muçulmanos como o xeque do islamismo) declarou em Ibn Timiyya, Vol. 32. página 39. E, no mesmo volume, páginas 29 e 30, ele escreveu: “Mesmo a virgem adulta, o pai pode obrigá-la a casar-se”. Isto está em acordo com Malek Ibn Ons, Al Shafi e Ibn Hanbals, que estão entre os principais Legisladores do Islamismo (especialistas na Lei Islâmica).
    Ibn Hazm (um dos maiores estudiosos do islamismo) mencionou em seu livro Al-Muhalla (O Adocicado) Vol. 6, Parte 9, páginas 458 a 460, “O pai pode consentir em dar a sua filha em casamento sem a permissão dela, porque ela não tem escolha, exatamente como Abu Bakr El Sedick [o primeiro Califa depois de Maomé e seu sogro] fez com sua filha, Aisha, quando ela estava com seis anos de idade. Ele a deu em casamento ao profeta Maomé sem a permissão dela”. Aisha disse: “O mensageiro de Alá tomou-me como sua noiva quando eu tinha seis anos, e tomou-me como sua esposa quando eu completei nove anos de idade”. Ele estava com 54 anos de idade quando casou-se com ela.

  18. Shalon! said

    VERSÍCULOS SIMULADOS
    Os muçulmanos não crêem em todos os livros do Novo Testamento, somente nos Evangelhos e mesmo assim, só em algumas partes.
    O que vou mostrar agora como é fácil extrair versículos da Bíblia e dizer que são sobre Mohammad. O importante é lembrar que esses versículos que vou citar, não fazem parte dos Evangelhos, estão em textos que os muçulmanos não consideram como revelados por Deus. Veja abaixo:
    Tornam-se-lhe manifestos os segredos do coração e assim, prostrando-se com a face em terra, adorará a Deus, testemunhando que Deus está, de fato, no meio de vós (1 Coríntios 14:25)
    Eles poderiam dizer que esse ver versículo acima, do Novo Testamento se referia surgimento do islamismo. Porque poderiam alegar que os segredos do coração, seria a nova lei dada no Alcorão para satisfazer as necessidades do ser humano. Eles poderiam dizer que quando versículo diz “prostrando com a face em terra, adorará a Deus” estaria se referindo aos muçulmanos, porque os cristãos não costumam a se prostrar desta forma e o islâmicos o fazem antes até da morte de Mohammad. Quando diz “adorará a Deus” seria a adoração de um Deus sem parceiros.
    Como Mohammad só considerava partes do Evangelhos como revelação de Deus e não o restante do Novo Testamento, os muçulmanos não podem pegar esse versículo acima e atribuir ao islamismo.
    “Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra e a cada nação e tribo e língua e povo (Apocalipse 14:6)”
    Os muçulmanos dizem que o anjo conhecido pelos judeus é Miguel, desta forma quando versículo fala “Vi outro anjo voando pelo meio do céu” seria o anjo Gabriel que deu a revelação a Mohammad.
    A palavra Evangelho vem do grego e significa boas novas, ou seja, novas e boas revelações. Quando o versículo diz “tendo um evangelho para pregar sobre os que assentam sobre a terra, e a cada tribo, língua e povo” eles poderiam dizer que são as boas e novas revelações, ou seja o “Alcorão” que Gabriel ficou citando durante anos para Mohammad que era um “profeta” iletrado. Com essa revelação o Alcorão seria pregado para toda a terra, mostrando ser Mohammad o “profeta universal”.
    A seguir outro versículo:
    “assim como eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã” (Apocalipse 3:12).
    Eles poderiam dizer que quando está no versículo “assim como eu recebi de meu Pai” esta frase teria sido alterada mudando a palavra Deus para Pai. Dessa forma o versículo ficaria “assim como recebi de meu Deus” e não Pai. O que Jesus estaria falando é que ele recebeu de Deus o espírito santo e que a humanidade teria a vinda da estrela da manhã que mais uma vez esta referindo ao Consolador que para os muçulmanos é Mohammad.
    Analisaremos o versículo abaixo:
    “Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á, então, o mistério de Deus segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas.”
    Muitas vezes, os judeus antes de começar uma guerra eles tocavam a trombeta. Por isso é que o versículo diz “Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando estiver para tocar a trombeta” é porque a Arábia estava atolada na guerra entre as tribos e as nações brigavam para impor seu poder. O mundo estava em desespero e muitos aguardavam a vinda de um Messias.
    Continuando o versículo diz “cumprir-se-á, então, o mistério de Deus segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas” este mistério de Deus é a vinda do Messias Mohammad, que foi profetizado aos judeus e todos os profetas falaram.
    Aqui no versículo abaixo, eles poderiam dizer que é uma profecia do crescimento do islamismo. Veja:
    “para que nosso Deus os constituístes reino e sacerdotes e reinarão obre a terra”
    Veja como é facil pegar versículos e dizer que falam de Mohammad. Mas o problema é que estes versículos foram tirados de livros que Mohammad não reconhecia como sagrado.

  19. Shalon! said

    SUSTENTAR MOHAMMAD

    O Evangelho de Barnabé diz que Jesus não é o filho de Deus, que ele não morreu na cruz e que Jesus profetizou a vinda de Mohammad.
    A partir da perspectiva vantajosos da crítica literária pode ser demonstrado que esse assim chamado “evangelho” foi escrito algum tempo depois de 1300 D. C. (McDowell 1983:99). Está repleto de anacronismo. O autor cometeu sérios erros na geografia da Palestina, o que mostra que nunca esteve lá. Algumas citações na obra são extraídas dos poemas do escritor italiano Dante (1245-1321). O autor do “evangelho” nega que Jesus foi o Messias e confere o título a Mohammad. Logo, essa fraude não concorda nem com a Bíblia nem com o Alcorão! A analise de estilo literário evidência que qualquer que tenha sido a pessoa que escreveu essa fraude, era fluente em italiano (foi escrito primeiro em italiano), mas provavelmente viveu na Espanha. A conclusão de Josh McDowell é que constitui “uma tentativa de moldar a vida de Jesus de acordo com a tradição do Alcorão e do Islamismo” (1983:103)
    O evangelho Barnabé é falso composto por uma pessoa européia do século 15, contendo erros grosseiros e descrições da situação política e religiosos em Jerusalém (durante a era de Jesus Cristo. Esse evangelho está cheio de erros e não é aceitável para qualquer muçulmano que entender como ele contradiz o Alcorão.

  20. Shalon! said

    HISTÓRIAS QUE SE CONFLITAM

    Shabir critica freqüentemente as histórias paralelas do Evangelho por ter algumas diferenças. O interessante é nós achamos o mesmo no Alcorão. O Alcorão reconta freqüentemente a mesma história mas com teor diferente em detalhe. Veja o exemplo abaixo:
    E de quando dissemos: Entrai nessa cidade e comei com prodigalidade do que vos prover, mas entrai pela porta, prostrando-vos e dizei: Remissão! Então, perdoaremos as vossas faltas e aumentaremos a recompensa dos benfeitores. Os iníquos permutaram (substituíram) as palavras por outras que não lhes haviam sido ditas, pelo que enviamos sobre eles um castigo do céu, por sua depravação.[S. 2:58-59]
    Compare,
    Recorda-te de quando lhe foi dito: Habitai esta cidade e comei do que for de vosso agrado e dizei: Remissão! E entrai pela porta, prostrando-vos; então, perdoaremos os vossos pecados e aumentaremos (a porção) dos benfeitores. Porém, os iníquos dentre eles permutaram (substituíram) a Palavra por outra que não lhes havia sido dita. Por isso, desencadeamos sobre eles um castigo do céu, por sua iniquidade.[S. 7:161-162]
    De interesse particular é a nota de rodapé de A. Yusuf Ali:
    Estes verso, 58-59 comparados ao verso 161-162, há duas diferenças verbais. Aqui (ii. 58) nós temos “entramos na cidade” e no verso 161 está “moramos na cidade.” Novamente no verso 59 aqui nós infringimos (Nosso comando)”, e no verso 162, nós transgredimos. As diferenças verbais dão na mesma. (Ali, A Alcorão-tradução Santa e Comentário, pág. 31, f. 72)

    Versos que contam a mesma história em muitos lugares do Alcorão com palavras diferentes para expressar significados semelhantes. Alguns exemplos destes são: [a Arca] ‘, (o Q. 23:27 e 11:40) – Moisés (Q. 28:32 e 27:12) – (o Q. 20:20 e 7:107).

    Apesar dos muçulmanos alegarem que o Alcorão não tem contradições e de acusar os cristãos de terem adulterado a Bíblia. Em um livro islâmico, os muçulmanos acabam admitindo que no Alcorão existem versículos obscuros e contraditórios. Veja abaixo:
    Deus nos esclareceu no Alcorão, que nele há versículos claros, precisos em seu sentido e sinceros no termo e outros que vem como passagem obscura que não esclarecem seu significado e nem propósito com exatidão, mas que há divergência a respeito de sua compreensão e há confusão para interpreta-los, impossibilitando o seu entendimento.
    Os versículos do atributo de Deus fazem parte desses. O crente (muçulmano) não deve se aprofundar em seus significados, ou prosseguir buscando seleciona-los, a fim de induzir às pessoas e interpretá-los. (Livro Apresentação Geral da Religião do Islam – pág. 121).

    Através dessas contradições, já dá para perceber claramente que o Alcorão não passa de um livro como qualquer outro.

  21. Shalon! said

    AS CONTRADIÇÕES HISTÓRICAS DA VIDA DE MOHAMMAD
    Os muçulmanos procuram encontrar contradições nos evangelhos, mas se esquecem que os historiadores de Mohammad se contradizem e muito. Tem historiadores que incluem milagres em determinadas passagens em quanto outros não. Há um exemplo que se encontra no livro Mohammad – o Mensageiro de Deus – na página 153, veja a seguir:
    Os coraixitas, por seu lado, intensificaram a busca em grupo, chegaram até a boca da caverna de modo que se baixassem para olhar, descobri-los-iam. Abu Bakr, ao vê-los tão perto, disse com aflição ao Profeta: “Se eles se baixarem ver-nos-ão. O profeta respondeu: “Não te aflijas, porque Deus está conosco”. Cap. 9 vers. 40.
    Há certas narrações que dizem, que uma aranha fez a sua teia na boca da caverna (a entrada) e pombos fizeram o ninho e puseram ovos nela. Pág. 153. Nessa passagem, seria por causa desse milagre da aranha ter feito teia e do pombo ter feito seu ninho, na frente da caverna e justamente no momento em que o inimigo estava se aproximando do local onde Mohammad e seu companheiro estavam escondidos é que eles conseguiram ficar protegidos.
    Estas duas frases acima é um grande exemplo como no decorrer do tempo seguidores podem enaltecer as atitudes de Mohammad e fazer com que seus feitos se adaptem a determinados versículos da Bíblia. Existem historiadores muçulmanos que contam a vida de Mohammad contradizendo até mesmo o Alcorão.
    A historia de Mohammad foi escrito muito depois de sua morte, podendo ter sido acrescentado mais tarde acontecimentos que na verdade não ocorrerão. Isto pode ter acontecido pelos boatos, criadas pelos fiéis, ou idéias inventadas por autoridades islâmicas.
    Omar, companheiro de Mohammad chegou até a dizer que o “Profeta” não havia morrido, quando já estava morto. Ele chegou até mesmo a prometer cortar os pés e as mão de quem dissesse que Mohammad estivesse morto, usando até exemplo bíblico. Veja o texto abaixo:
    Quando a notícia se espalhou, chegando ao ouvido de Ômar, este nem quis acreditar. Veio apressadamente para o quarto de Aicha, junto a cama do profeta, destampou a face do profeta e continuou a olhar para a sua face por algum tempo, ao ver a cara do Profeta sem movimento, julgou que se encontrava em coma e que, emergia em breve. Al-Muguirah tentou convencer a Ômar do fato do falecimento do Profeta, mas em vão, pois ele continuava a insistir que o Profeta não tinha morrido. Foi para a mesquita, onde estavam os crentes, desembainhou sua cimitarra, rompeu a truba e exclamou:
    “Alguns hipócritas estão a reclamar que o Profeta (que a paz esteja com ele) morreu, eu juro por Deus que ele não está morto, ele apenas partiu temporariamente ao encontro do Senhor, como o Profeta Mussa (Moisés) filho de Imran, que durante quarenta dias se ocultou na montanha e como ele, reaparecerá ao nosso encontro, qualquer pessoa que se atreva em penetrar o falso boato da morte do Profeta é traidor à causa islâmica e esse terá as suas mãos e pés cortados com esta mão (alusão da mão dele). Os muçulmanos ouviram as palavras de Omar e ficaram confusos. Por um lado ouviram as mulheres a chorarem com a voz alta, por outro, Ômar a afirmar que ele não tinha morrido. Era de fato uma grande confusão. (Livro Mohammad – O Mensageiro de Deus – Pág. 419)
    Isto mostra o quanto era difícil se opor contra as idéias de líderes muçulmanos e como determinados fatos podem ser camuflados e podem ser acrescentados de acordo com os interesses. Pelo menos neste caso Omar teve que mais tarde, aceitar a morte de Mohammad.
    Antes de continuarmos neste assunto, nós precisamos deixar claro estamos usando esta crítica para o propósito exclusivo de demonstrar a metodologia defeituosa de Shabir. Queremos deixar claro que os mesmo métodos de crítica empregado por Shabir contra a Bíblia Santa, pode ser usado mais vigorosamente contra o Alcorão. Com isso, nos analisaremos os erros do Alcorão.

  22. Shalon! said

    Quem é Ezra Filho de Deus?
    Veja o que diz o verso abaixo:
    Os judeus dizem. ” Ezra é o Filho de Deus “;
    os cristãos dizem, ” O Messias é o Filho de Deus “.
    Sura 9:30
    Sobre a declaração da doutrina Cristã está correta, agora reivindicação que Ezra é o Filho de Deus ” está errado e esta convicção nunca foi uma doutrina da fé judia. Não consta na Bíblia judaica, nem nos comentários como Talmud e Mishnah.
    Até que alguém me prove o contrário, este é um erro claro no Alcorão.

  23. Parabéns pelo seu trabalho Shalon.

  24. rod gondes said

    Sobre o lider politico maomé ou mafoma, e a sua vida criminosa:

    Maomé (21/9/570-8/6/632) – líder árabe e criador (com os ricos familiares da primeira e da terceira esposas) da falsa religião árabe islâmica para o seu povo e imposta a qualquer outro povo dominado que não a seguisse.
    A partir do século VII (d.C.) inúmeros árabes e inúmeros outros povos do Médio Oriente deixaram maioritariamente de aceitar e seguir a Salvação através do Divino Jesus Cristo – por mera coincidência com origem genética judaica, para além de Divina – nomeadamente porque este árabe de tendências esquizofrénicas e lunáticas conquistou à força da espada territórios vizinhos em decadência histórica que anexou à área de influência da religião convenientemente recém-criada e imposta a todos à força e não por Amor.
    Teve nesse período várias mulheres e concubinas; cerca de 10: 1-Khadija, 2-Sawda, 3-Ayesha (pelos padrões universais civilizacionais longínquos e actuais, a consumação do casamento – orgânico ou físico – com esta terceira esposa tratou-se de verdadeira pedofilia), 4-Omm Salama, 5-Hafsa, 6-Zainab (de Jahsh), 7- Juwariya, 8-Omm Habiba, 9-Safia, 10-Maymuna (de Hareth), 11-Fatima, … .
    Conforme narrado por Qatada: Anas bin Malik said “The prophet used to visit all his wives in a round, during the day and night and they were eleven in number”. I asked Anas “Had the prophet the strength for it?”. Anas replied “We used to say that the prophet was given the strength of thirty (men)”. And Sa’id said on the authority of Qatada that Anas had told him about nine wives only (not eleven) – (Hadith, Volume 1, Book 5, Number 268).

    Tudo isto poderão ser comportamentos de alguns tipos de líderes políticos étnicos ou tribais, mas não serão nunca desempenhos de um verdadeiro Profeta – mas de um falso profeta – que só o será para aqueles (islamofascistas) que pretendem continuar as suas cegueiras mentais sem qualquer sombra de Racionalidade ou de Perfeição Divina (ainda que falsamente reclamada e hipocritamente imposta).

    Só para se ter uma ideia das façanhas criminosas deste (quando muito líder) árabe (e seus colaboradores com igual responsabilidade) mas definitivamente um falso profeta de Deus (Dios, Dieux, Dio, God, etc etc etc), atente-se na seguinte (ainda pequena …) lista histórica de acções ‘pecaminosas’ por si lideradas e das quais foi o responsável supremo:

    624: Razia a Meca, pilhagem e prisioneiros feitos;
    624: Decapitação do poeta Kab been Al Ashraf, em Medina, opositor de Maomé;
    624: Batalha de Badr, Maomé na cidade de Oqba: “prometi a Deus que se te apanho fora de Meca, corto-te a cabeça”;
    624:Batalha de Badr: Abou Bakr a Maomé – “os infiéis serão exterminados do mundo”;
    624: Batalha de Badr, derrota dos infiéis: “os muçulmanos matarão a golpe de sabre e farão prisioneiros”;624: Batalha de Badr: Maomé aos seus homens: “se algum de vós encontrar o Djahl, cortem-lhe a cabeça e tragam-na até mim”;
    624: Revelação de Maomé: “não foi concedido o direito a um profeta de fazer prisioneiros sem que lhe tenha sido dado o direito de fazer grandes massacres por todo o mundo”;
    624: Decapitação do poeta Kab ben Asraf, crítico de Maomé;
    624: Decapitação de dois poetas críticos anónimos, depois da batalha de Badr;
    624: Depois da batalha de Badr: “ o vosso lugar, assim como o dos vossos filhos, é o inferno, e se não vos converteis, matá-los-ei”;
    624: Depois da vitória em Badr, inicia-se a eliminação dos judeus;
    625: Expulsão do clã judeu de Al Nadir. Submissão duma tribo judia (Banul-Nadir);
    625: Destruição do ídolo Oubal;
    626: Massacre dos judeus Beni Khazradj, partilha dos seus bens e as famílias judias reduzidas à escravatura;
    626; Expedição contra os judeus Beni Qoraizha, insultados por Maomé: “Vós, macacos e porcos…”;
    626: Massacre de 700 judeus em Beni Qoraïzha, amarrados durante três dias e depois enforcados, crianças incluídas;
    626: Assassínio do poeta judeu Kab, chefe do clã Beni Nadhir, e da sua mulher, que tinham ridicularizado Maomé;
    626: Expedição contra os judeus de Kaihbar;
    626: Assassínio do judeu Sallam Abou Rafi, por ordem de Maomé;
    626: Tentativa de assassínio de Abou Sofyan, por ordem de Maomé;
    626: Maomé manda cortar as palmeiras do oásis dos judeus Beni Nadhir;
    626: Maomé faz cativa uma mulher judia muito bela de entre o clã Beni Qoraizha, como parte do espólio de guerra;
    627: Massacre do clã judeu Qurayza em Medina;
    627: Inicio do ataque sistemático a outras tribos árabes;
    627: Agressão à tribo Bani Moustalik;
    628: Maomé aos judeus Beni Qainoqa: “Se não vos converteis ao Islão, declaro-vos a guerra”;
    628: Rapto de mulheres e crianças da tribo Moshjarik;
    628: Ataque aos judeus de Khaïbar, tortura e prisioneiros;
    628: Tomada do oásis judeu de Fadak, tornando-o um bem pessoal de Maomé;
    628: Submissão dos judeus de Wadil Qora;
    629: Destruição dos ídolos de d’Allat, Manat e Al Uzza, na Arábia;
    630: Tomada de Meca; 30 execuções sumárias;
    630: Primeira incursão militar contra a Pérsia em Tabuk;
    630: Batalha de Honaïn, contra os beduínos;
    630: Submissão dos judeus e cristãos de Makna, Eilat, Jarba;
    630: Decapitação, em Meca, do apóstata Abdallah ibn Abou Sahr;
    630: Decapitação, em Meca, do poeta satírico Abdallah ibn Khatal;
    630: Decapitação em Meca de Howairith ibn Noqaïd;
    630: Condenação à morte, em Meca, de Ikrima, em fuga;
    630: Condenação à morte, em Meca, de Cafwan ibn Ommayya, em fuga;
    630: Condenação à morte, em Meca, de Hind, mulher de Abou Sofyan, em fuga;
    630: Execução em Meca de Sara, uma escrava judia cativa;
    630: Execução em Meca de Qariba, uma cantora e artista;
    630: Execução em Meca de Fartana, uma cantora que ridicularizou Maomé;
    630: Destruição de um ídolo de Hubal situado no Kaaba;
    630: Maomé ao seu inimigo Cafwan: “tens que escolher entre o Islão ou ficares sem a cabeça”;
    630: Massacre da tribo Beni Djadsimaa;
    630: Arranque das vinhas na Arábia;
    630: Batalha de Houynan contra as tribos hawazitas;
    630: Morte de Dubayya, sacerdote de Al Uzza;
    631: Ataque à cidade bizantina de Tabouk, submissão dos cristãos e tributo.

    Acresce que ‘allah’ não é o nome de Deus mas o de um dos ídolos de pedra que estava na Kaaba em Meca (Arábia Saudita). Portanto este líder árabe — o falso profeta Maomé ou Mafoma — deu a Deus (desigmou em árabe para Deus) o nome de um dos ídolos de pedra locais. Mas que grande falso profeta!!!

    O livro designado de ‘corão’ não veio de Deus mas são cópias adaptadas (mas até com afirmações erradas calculistamente distorcidas) de ideias da Bíblia, da Torah, e até de filósofos pensadores persas e de princípios anteriores Zoroástricos.

    Vangloria-se de os ter recebido de Deus (só se fosse do ídolo de pedra … allah) ao longo de 23 anos! Imagina-se Deus tal lento!!! E foram mudados a seu bel-prazer, sempre que não concordava com qualquer coisa. Digamos que foi uma congeminação de famílias influentes locais, que queriam afirmar a ‘arabidade’ por cegueira mental relativamente aos Judeus e Cristãos, e pelo subsequente poder económico e geográfico que se lhe seguiria. Foram colonizadores económicos e religiosos do Médio Oriente, da Pérsia, do Norte de África e posteriormente até da Europa quer na Ibéria quer através dos Balcãs (oportunisticamente na sequência das invasões bárbaras do norte, estas seriam as do sul).

    E todo o mal local regional e mundial que têm propagado, à força da espada, das armas, dos suicídios em massa, tudo atitudes de desespero de Cegos Mentais. Um dos maiores pecados da Humanidade.

    É lamentável, porque se adaptassem algum seu espírito pio e de devoção não ao diabo que os faz seguir a Cegueira mas ao verdadeiro Deus, todos teríamos um mundo melhor.

    Deviam todos ler a Bíblia, desligar-se da opressão do fanatismo e fascismo islâmico, e deixar o Espírito Santo encher-lhes o coração e a Razão para a mudança segura e amorosa no Amor e Devoção ao Cidadão Universal que é Jesus Cristo.

    Rod Gondes

    • Leandro Hoeser said

      A verdade pra ser feliz!!!.
      O Céu clama e proclama: A verdade, Apocalipse: 22vs18 e 19 para melhorar, ser próspero, salvo e de graça Como O Senhor Jesus fez: Não cobrou um só centavo pelo que fez, proclamou a sã Doutrina sem dízimo e sem fanatismo, por ordem de DEUS Pai. É a nova constituição do novo testamento, Que são só Dois mandamentos: amai a Deus e ao teu próximo, na Fé e nas obras. Como família Celestial: Atos dos Apóstolos: 4 VS 32… Somos mensageiros do Céu, não vendilhões nem Falsários! O Senhor diz: quero minha igreja de volta como á deixei e ensinei na sã doutrina do novo Testamento do Pacto com DEUS Pai gratuitamente como Família, sem hipocrisia! O discípulo tem de ser e fazer como o Mestre, para ser discípulo, firme e fiel na verdade, até o fim. É a sã doutrina celestial, até se completarem os que hão de ser salvo. È a liberdade Divinal para a salvação.
      Você que está certo, venha á fonte certa, na decisão certa e para melhor, para a benção eterna sem infidelidades! Venha conhecer e participar, sem perder tempo e nem dinheiro! Se creres, receberás. È a revelação final. Deus pai esta dando a sua última misericórdia antes do fim. Vidas unidas na verdade Celestial, vidas felizes ao céu, unidas como família do Sr. Jesus como salvos. Só ganha quem crer que é verdade de DEUS Pai é ele quem vai unir os fiéis e verdadeiros para erguerem essa bandeira celestial de gloria eternal. Serão todos abençoados como família, na salvação. Ganharam sem vezes mais nesta vida e no céu por merecimento. Somos um pedacinho de DEUS Pai, na salvação, venha saber mais e ganhar mais naturalmente, e de graça para ser Feliz, prospero, e salvo como templo e morada de verdade do nosso Deus pai, como filhos do céu como os anjos, como igreja do Sr. Jesus como irmãos e não Fregueses. “Malaquias” é lei! , são os impostos! , é César, é o rei, Governo.
      Jesus Cristo é graça de Graça, é Salvação! Ofertas voluntárias Amem! É o caminho sem ignorância humana, somos voluntários em toda boa obra, sem acepção de pessoa ou religião, somos livres no temor e no amor de nosso Deus pai, no Santo exemplo do nosso Sr. Jesus, no puro amor que é para sempre. É o RECOMEÇO GRANDIOSO! È a Salvação! È a verdade que liberta e faz livre!!!
      —————
      Santuário Santo de DEUS Pai*
      Av. Icaraí, n°711, Parada 50 – Alvorada/RS CEP: 94824-030
      Mensageiros: Nenso – Fone: 51- 93600642
      Leandro – Fone: 51 – 81128216
      A Paz do Céu Amém!

  25. rod gondes said

    About the false prophet of the 7th century and his false religion of islam:

    The ability to think and to rationalize (what distinguishes Mankind – created on God’s Image – from animals) enables us to reason and therefore enables us to concretely arrive to conclusions.

    This has been characterizing innumerous contributions of known Mankind heroes from Plato, Socrates and Aristotle to Euclid and Archimedes, from Leonardo da Vinci, Copernicus and Newton to Kant, Descartes and Leibniz, and more lately from Albert Einstein to Carl Sagan and Stephen Hawkins.

    And even innumerous unknown throughout the entire World, but equally important because of their sheer number, which are considered imprescindable because they are the anonymous salt of the Earth and the anonymous fertilizer of Humanity Growth throughout the ages.

    With such God given Rationality, one should understand the false and deceiving character of mohammad or mafoma and of ‘koran’ as well. Islam is mohammad creation not God revealed. Even ‘allah’ is not God, at least not the God of Israelis (from whom also Arabs claim to descend, as half-brothers, through the son of Abraham with the Egyptian slave Hagar of his wife Sara) and the God of Christians.
    The name ‘allah’ refers to the name of one of the then most venerated stone idols at the Kaaba in Mecca (Saudi Arabia). So ‘allah’ is just a stone, and ‘koran’ was cleverly projected or machinated to such stone (‘allah’).

    Therefore mohammad or mafoma did not receive anything from God, because ‘allah’ is a stone. Besides it took 23 years to put it (the ‘koran’) together, by invented revelations from a stone (‘allah’) through an invented visit from Gabriel. Its contents was continuously changed and written by others (because mohammad or mafoma was basically illiterate, although he might know basics from his merchant character and formation), as soon as he changed his mind.

    True God Divine Thoughts, even through an Angel, would not be so imprecise, so slow, so wrong and so bare of new contents in relation to previous God inspired Revelations to the Jews Prophets of the Old Testament and to the God inspired (through the Holy Spirit or Holy Perfect and Holy Rational Divine Thought) Holy Contents in the four Gospels and the Apocalypse of Saint John that constitute most of the New Testament of the Holy Bible.

    Besides, the New Testament was registered as a Catholic or Universal Mankind Message for the entire Mankind (Jews and Gentiles alike, because all were create in God’s Image) of every age or generation (since 2000 years ago!) and therefore was written in the communicative language between the nations then involved in the known world (Greek, Aramaic and even other versions).

    God is not solely arabic! Through the Holy Spirit or Holy Thought of His presence among us, He His Multinational Multicultural and a Polyglot with respect to the language with which his Message is to be read, spoken and spread. He definitely is not solely arabic, although the arabs should read his Holy message through Jesus Christ in the arabic language.
    It is not the english, the mandarin, the spanish or the portuguese version of the Holy Gospels that they should read. They can and they should read it in their own language for better absorption of meanings and adherence to values and inherent principles.

    God’s Messages in the Old and specially in the New Testament were further strengthened and explained in latter years after the spread of the Gospel in the Acts of the Apostles (that contains the letters written by some of them to the christianized communities everywhere, always strengthening the Faith and never instigating crimes wars conquers etc but True Love of One’s neighbour through Jesus Christ example and Holy Sacrifice).

    The ‘koran’ was plagiated and plundered from Christians, Jews and Zoroastrians ideas and principles; nevertheless is full of wrong sayings and wrong references to Bible contents – therefore a falsification forgery and partial adaptation – so much distorted and adjusted to arab local interests and to the reality of the false prophet life and his real sinful existence.

    Mohammad never was and never will be historically a Prophet in the true religious sense of the word: he just was an illiterate arab, albeit a war and economic leader of his time because supported by the wealth and power of some of the merchant host families of his sometimes convenient wives (seeking political and economic alliances); he was tremendously womanger and even a paedophile with one (Aisha) of the many wives, concubines and slaves.
    He deceived to be a prophet because he did not predict anything.
    He was a warmonger, by decreeing war on all the Humanity if not following them.
    He was a hatemonger by persecuting those who would not follow them.
    He personally led fights, territory conquering, wars and destructions (of God’s Creations, be it human creatures and/or be it their works and civilizations), therefore he was a murderer and incited to murder, he induced slavery and terrible discrimination for all the adversaries and non-followers.

    Under Law and Justice, mohammad or mafoma will always be a criminal, a murderer and a leader that incited several crimes to Mankind created in God’s Image. If he was alive he had to be judged by these known crimes against Humanity (and many others not here listed), and be on jail several years for them, and by having led his arab followers in a wrong, pharisaic, confused, out-of-focus, lying and misleading way. For the sufferings this psychopath impinged on his akin, on others at his time and throughout the world thereafter. Definitely not a man of God, may be only an instrument of the devil in disturbing then and now the Mankind peaceful co-existence otherwise.
    Besides all these crimes and sinful attitudes he, and the one’s who wrote and adapted the ‘koran’ for him, still exerted the final arrogance of claiming for mohammad or mafoma to be the last prophet! That is absolutely ridiculous, to say the least, and childish; truly the vision and the instigation of a psychopath and squizophrenic character and of mentally-blind or illiterate people.

    What is regretful is that some pious, God’s fear and God’s devoting character of many non-Christian arabs and middle east citizens, is not devoted to Jesus Christ. Under Law and Justice there is nothing to judge Jesus Christ for: He was a Lover of All Mankind, believers and gentiles, jews and non-jews, God-abiding people and people labelled by public as sinners ! Jesus Christ was is and will always be The Holy Being, a Holy Soul!.

    Jesus Christ is the true God, the one and Only God of Jews (from whom Arabs also supposedly descend, from Abraham, as half-brothers) and Christians, the Almighty Reason and Perfect karma of Buddhists and Hinduism, the God of gods of many civilizations not directly visited or witnessing His Human facet (Jesus Christ Himself). In modern scientific terms, Jesus Christ can be thought as the three-dimensional intersection of God’s multi-dimensional space with our three-dimensional human physical space on Earth and the Universe; so Jesus Christ is also the Creator or Cause of the Universe, and the leitmotiv of Humanity existence on His Image.

    Rod Gondes

  26. rod gondes said

    About the false religion of islam created by the false prophet and his racist followers:

    I am, every Human with a Head is, completely for the freedom of press, because it means Human freedom in equal democratic terms for all beings, and Almighty God created all Humans free. And that obviously also includes cartoons, and their satiric character in awakening people, society, leaders, … (all of them God created) for better or corrected deeds and actions.
    Some animals, definitely not Humans, try to dominate either Humans or other animals by force, by mental blindness, controlling and not allowing the opening of mentalities or of thoughts or of different opinions. Because those animals are weak very weak beings, and are afraid of change, afraid of growth, afraid of meeting God one day when Mankind fulfils the purpose of existence as God’s will. By so doing they are behaving in a manner that continually proves to the free God created world and Humanity, that they do not deserve to live. Although also created by God, they are destroying the basic essence of also being God’s will.

    God Almighty is a Divine Reality with different facets, crystallizing in all directions.
    That is, as the Holy Bible mentions by 4 distinct independent witnesses of His Life and His Deeds (the 4 Gospels of the 4 Apostles), in His kingdom there are many rooms, many visions, many ways of achieving His Supreme Light Knowledge Kindness Holiness. Otherwise we would be copies of each other, in which case there would be no purpose of living, especially because we would not be free.

    As an European I will never accept, I will never have fear or will never suffer any type of menace, from anyone. Europe as a whole was invaded by romans (also Europeans), by vandals, suevs, goths, berbers and arabs through Gibraltar strait, turks and mongols, etc and we survived.
    When and if Europeans would not exist, Europe is no more. To be European one as to think as One such person, and it is not sufficient to leave in Europe. All civilizations wanted Europe, came here for knowledge, power, art, religion and civilization. And we spread it all for every corner of the Earth, sometimes with good deeds sometimes with errors, but we came through and will continue to move forward. Until the last European will be alive. Only then any other junk may prevail!
    Europeans, the European governments, European press, etc should not and should never ask any forgiveness for the cartoons published by a free newspaper, in a free country, where the freedom of press also is part of society of life itself. We did not publish this is other countries, which can copy or not our cartoons. It is already bad enough for the world to have such neighbours with such laws with such short-leaved head and short-leaved wisdom.
    So the muslim fanatics are the ones that should ask forgiveness to their brothers for guiding them so badly so blindly; the mental blind muslim fanatics are the one’s who should ask forgiveness to the world for the very bad example of the supposedly love of God that they are giving to the world, specially to their brothers and neighbours Jews and Christians that they do not accept because they do not accept any difference even in their own societies: they are mentally blind which is one of the biggest sins of mankind.
    The fanatics and their leaders, the fanatics and the weak people they are trying to guide as sheep, are being the cause of their own problem. Re-focus and grow-up in Human terms, and only them try to join the community of nations that also fear God, but that want to achieve God’s Will in freedom as He created us all.
    Some and many mental blind arab fanatics, iranian fanatics, indonesian fanatics, …
    are forgetting (purposely because it is not convenient) what other of their muslim brothers – also mental blind taliban fanatics – did to world heritage Buda statues in Afghanistan (probably the stupid pathetic circus-clown iranian president will say they also did never exist: ah, ah, ah…!). The same fanatics and their leaders instigated the killing of a dutch filmmaker, that accomplish his duty of proving to the world the way that women are treated in islamic countries. Women, who are also part of Human Race created by God. Not a single muslim spoke or speaks about the reality of women in their countries.

    So blind: they are seeing grains of sand in their neighbour’s eyes, but they do not see the big rocks on their own eyes (therefore, they are once more Mentally Blind). We are not in middle ages, you know. Do not want to learn the lessons of Human History?
    Not a single muslim spoke against it, as far as I know! Shame on all of them, on their leaders, and on all books, all directives, all imams, … that have their hands, their heads, their pages, their contents, … responsible for such crimes.
    You should be judged according to your laws, your deeds, your actions, … cutting your hands, cutting your heads, ripping-off the pages and burning such books of lies and adaptations. It is a Shame, a Big Human Shame for all such responsible (bad samples of) people.
    I have very special thoughts, special prayers, special human civilization-love, for all Christian arabs, christian non-arabs (iranian, indonesian, …) for having survived through the ages in the Love of God and His Son Jesus Christ, in such an hostile environment. God be with them all.
    After many readings, many thoughts, many reasoning through what The
    Almighty God blessed me, I really think that what the muslims (arabs and non-arabs)
    call a prophet, never was never will be a Prophet (not even the last one).
    He just was an arab leader in a certain time framework, both political and military, and that is it. No more, no less. It is recorded that he had 9 wives and at least 3 concubines: definitely not a holy man, but solely a human social leader of the weak people that followed him so blindly and conveniently.
    A Prophet is not that, is much more than that and serves the world (but does not conquer or incite to conquer part of the world by force) and not solely is own people or race. That some arabs (unfortunately most of them) and non-illuminated people call him a prophet it is their problem, their lack of vision, their mental stubbornness! But do not impinge it to others. Mohammad was not and never will be a prophet; he was a criminal, a psychopath and a scyzofrenhic, a fully warmonger and a fully womanger machos’ arab. No more, no less. At most he was a political leader of his time, for his people and racist visions. Therefore a complete junk because of being a systematic and deliberate sinner. But definitely never was and never will be a Religious Prophet.
    One day God Almighty (not the Philosophical Theological Multidimensional Concept Reason etc etc that we understand has to exist, but do not fully see or grasp) through the Three-Dimensional Holy Human Being Jesus Christ, will ask directly the islamofascists and the responsible islamic leaders – just as he asked saint Paul, then named Saul before the conversion – ‘you, islam, why do you persecuted me?’.
    Free people, created on God’s Image as all Mankind, will not accept it, will never accept it. What really is true is that muslims and arabs (as a whole; except the Christian arabs in Egypt Syria Lebanon, Iraq even in Iran) do not accept the fact that The Salvation of the world could come from a jew-born, The Jew called Jesus Christ.
    The One and Only, The Saviour, The Son of God Himself. In that they are also copying the jews, since the jews also do not believe that such Jew is God selected – The Holy Citizen of the world: Jesus Christ.
    And believe me, either God exists and Jesus is His Human Will, a proof of His Love to all of us, or otherwise the last prophets in the last 50 years have been: Dr. Livingston, Gandhi, John XXIII, Marthin Lutter Ling, Mother Teresa of Calcutta, John Paul II, Nelson Mandella, millions of true missionaries that lost their lives serving teaching helping many others without any intention but solely Love for the Neighbour as Jesus showed (the last of which was the priest killed in Turkey by another fanatic islamofascist; another shame, since no muslim came to the press to speak against it, so what a mockery-of-a peaceful-religion!).
    And those mentioned, and many millions of others in two thousand years, much much much better than the arab leader that the islamic-arabs call a prophet (a false prophet, because based on a set of false prepared hoaxes and ideas only full of biased arab origins).

    Those millions of missionaries and the people mentioned (and many many others) who gave their life for the goodness of all mankind, treating all equally, and never claimed for them more than they were. They did not live claiming conquering territory for their cause, killing other peoples and inciting their akin to kill other peoples (that opposed
    to them) as the arab man called mohammad or mafoma did. They did not marry 9 times having still 3 concubines (even rejected some wives that spoke louder than him, like mohammad did) and many other unrealistic things. Even the fact that a common arab wealthy guy called mohammad or mafoma, that died in a bed surrounded by family as any common arab human of his time, had to be risen to Heaven like Jesus Christ (that happened to be born a jew) in a fabricated way (on the back-top of an arabian horse), from the holiest place of the Jews (the rock, the roots or the foundations of the Solomon king temple at the Mount of the Rock – legendery place where the Ark of Alliance might be hidden or buried after the destruction of the temple by the Babylonians), is a proof of the fake character of the ‘koran’ falsely called a holy book, a convenient adaptation of the Holy Gospels (Bible) to the arab world (six centuries afterward) according to arab costumes and uses. Because by mental blindness, by mental stubbornness, by arab racism, the muslim arabs do not accept and do not want to accept that they could not be saved and will have to be saved by a jew, even if by God’s Will that Jew his God’s Human Face, that is Jesus Christ!
    What is a pity is that the fervour zealous character of most of the arabs
    was not used at the 6th century to strengthen the Christian Faith among arabs
    that already existed in Egypt, in Palestine, in Israel, in Syria, in the Holy Lands, even
    in Iran. (For sure, it must have been work of the devil; but God will write clearly and neatly even by shaky and wavy lines, and one day – I hope soon – all Mankind will be able to see His Truth face-to-face, and choose in Freedom accordingly).
    A True religion would not need to conquer those territories for their
    faith; on horse back riding and with swords, led by their fake-prophet military social leader.

    In the first six centuries of Christianity there was not a single battle, a single sword raised, to expand and strengthen the True Faith in God, and in Jesus Christ (as the physical perception of God’s Love to us by the sacrifice of His own Holy Son) and the Holy Spirit (as the Holy Thought helping the propagation of Faith by Rationality). Only afterwards they occurred, instigated not solely by misunderstandings but mainly by calls to arms to prevent the unrealistic expansion of the false religion of islam (then conveniently adapted to some arab realities, that some people did not want to change).

    Somehow, and with the due adaptations, islam follows the womanger mohammad or mafoma (an arab political leader) just like the fake-anglicanism follows the womanger Henry VIII (a king leader). But islam is even worst because the blind islamic arabs say the leader is a prophet (a Holy word in a wrong false erroneous and lying context; and definitely also full of the arrogance of being the last one) while the blind anglicans just say that the leader is a king (albeit a sinner, which is true).
    So muslim religion is a fake, although the pious characteristics of many arabs and many muslims are true facts that should be used to follow Jesus, no matter if he was
    born a jew or whatever, because He is a World Citizen predicted in the Old Testament as God’s Will to all Mankind.

    Anti-muslim hostility is seen nowadays as natural or normal, as it was 14 centuries ago when Europe was invaded by them as the barbaric from the south – in the aftermatch of the earlier sequential invasions (more or less synchronized) of the barbaric from the north (Huns, Alans, Vandals, Suevs, Goths, …) – because we shall prevail.
    But we are also hostile towards muslims and their islamofascism, because:
    – it is natural and normal to be hostile towards the treatment of women as a commodity;
    – intolerance, barbaric punishments, virulent anti-Semitism and propagation of theocracy as a political system;
    – shooting fleeing elementary school children in the back, beheading civilians, flying planes full of civilians into buildings full of civilians, derailing passenger trains, firebombing night clubs, shooting infants and instigating mobs for tearing people apart;
    – having ‘schools’ whose curriculum consists of brain washing children (that Jesus loved so much, but did not brain wash) by nothing else but memorizing a fake holy book in a language the students don’t even understand phonetically;
    – genital mutilation of little girls, imprisoning and punishing rape victims;
    – paedophile legal weddings by the fake religion, based upon legalized sanctioned illegal human attitudes permitted in the false book of distortions and adaptations, based on the criminal life of the erratic arab leader mohammad, psychopath and squizophrenic;
    – unprecedented lack of respect for women, by the childish promise and completely illogic and wrong expectancy for the male martyrs, by the thousands and millions of virgins that so far should be in-waiting for them all in their ‘definitely’ false heavens;
    – sanctions of blood money; religious illiteracy by closed-mindedness surpassing that of the blind Spanish Inquisition, et cetera, et cetera;
    – ad nausea, that is until nauseas and diarrhoea take me apart, just of rationally thinking on such collection of shameful behaviours and theocratic attitudes already at the 21st century of human evolution (in the case of islamofascism, of devil’s continuous involution) after Jesus Christ Holy Passage, witnessed life and Holy suffering for the sins of all Mankind in the Holy Cross at the Calvary in Jerusalem.
    Yes, I am an ‘islamophobe’, because I have rational reasons for it. But, I do not think all muslims are evil (although I think a very small minority think this). I do think that a lot of muslims are dangerous because they are mental-blind or where mentally-blinded by pharisaic un-holly imams and mullahs.
    I also think and I also know because I witnessed it for many years, that very large parts of the islamic world are illiberal, primitive, hate-filled and hate-fuelled barbarians who want to slit my throat because I am a strong believer in God, I rationally decline islam as a complete fake, but also I am a liberal westerner strongly defending Europe but also all the rest of the World and God create Mankind.
    Notice that being afraid of malaria in a Brazilian jungle is not hypochondria. Being afraid of muggers in a shady area of town is not an irrational fear. About islam I am not afraid at all, I am rationally against it until my last life’s second or life breath, because myself and everyone in the four societies I have been living-with throughout the world during my life, are ashamed of having them as physical neighbours in view of their mental blindness and ethnic bias.
    Their almost complete islamofascist attitudes, principles, behaviours, thoughts, values, daily lives, created in us this entire phobia. If the islamofascists will continue their aggravations against Western Europe, then it will be our turn of answering and the first thing we will defend will be the expelling of all muslims from western Europe. Either they will go naturally in a certain period (never longer than a year) or everyone will come to the streets and expel their lives off. Just take us to such extreme and history will repeat itself!
    All of these was said for the wise leaders, the non-fanatic non-mentally blind leaders, to move their forces their power for a stopping of muslim theocracy. It is the worst combination for the survival of mankind, because all will be against all. In the end will be left with nothing, but the historic shame of all the bad years created by islamofascism to all Mankind.
    And not even any stupid leader (like the actual unrealistic stupid pathetic circus-clown iranian president) will help the situation by saying, but never proving, that it did not exist. In theocratic terms it is being done what the God-refusing communists did 90 years ago (almost a century ago!) starting spreading terror death persecutions preventing freedom in many countries and for many people in the world.
    But it took about 70 years of coherent faithful non-aggressive attitudes, also lots of prayers from the believers and lots of survival actions, for the survival of such countries and such people. Do the muslim fanatics want for history to repeat itself, but now with their full blame as a new blind-terror, for their mental-blindness and blind-stubbornness? Is that the purpose of actual islamic leaders? If so, you will be acting behaving and baptising yourselves as deliberately selecting to be islamofascists! The choice is purely yours. To be or not to be islamofascist!
    But believe me or believe us in the west, common people God-loving but not- necessarily definitely-not following our political leaders in their foreign convenient decisions or bad attitudes, we will never accept those islamofascist attitudes, we will never accept theocracy, and we will make war internal and external against it with all our strengths and rationality as we did 14 centuries ago.
    Mankind only shall admit Theocracy when led by Saints Angels or Jesus Himself. The fanatic political or religious leaders of islamic theocracies (the reason for which they are islamofascists in political-theocratic terms), by thinking they are the center of the universe (sometimes solely at their countries, sometimes forcing it stupidly to other countries and nations in the 21st century!) show everybody with Head and Thought how really weak they are, how really sinful they are, how really unbelieving they are, how really animals they are tending to be. (Notice the comparison with the wrong-deeds of the communists, which also was a theocracy-of-the-No to God-No to Religion).
    And the animals, although created by God, were not created in God’s Image.
    Faith in the True God, the One and Only, and in Jesus Christ as is Human Holy Link to Salvation, is achieved through freedom (as He created us) not through terror, force, obligation, fear or what-so-ever childish human posture.
    It only has value, if rationally achieved in freedom, selected by Mankind in freedom as an intellectual thoughtful decision; with the individual capacity (the Talents spoken at the Bible) that God gave to each one accordingly. Therefore any other religion that proposes to achieve God by terror, mental-blindness, brutal-force, scape-goat punishments, one-sided behaviour, etc etc is a complete fake and a complete failure in Human Free terms therefore in God’s terms since He created us all in His Image.
    It would be preferable to be a coherent atheist, Mankind loving (and therefore God loving, even without knowing it or recognizing it) and society-respectful society-collaborative for all – what in the west is called Freemason, than a fanatic mentally-blind muslim, frozen in time by theocratic thoughts not faithful to the One and Only God but solely expressing blind-fervour for meaningless conveniently adapted writings (fully adapted to most arab reality at 6th century, and then forced to other arabs except to the one’s that endured the faith they had in Jesus the True Savior), but definitely warped from God’s Will to All-Mankind!

    Rod Gondes

  27. rod gondes said

    About the arab leader of the 7th century, and his false-religion:

    How can someone claim he is the one and only last prophet of God, with a known commoner sinful past or very weak standards for being set as Mankind good will example, as someone to be followed because he is the last and author of false last orders of God to be just spread in arabic etc etc (fortunely, God is not arabic He his universal). How can someone claim that the Creator through and angel tells him to kill the non-followers opposers or gentile, one after the other? Is this the true desire of a true God or a false story about Him!?
    An then occupying by force the places in Arabia and Jerusalem that the jews (Judah tribe, freed by Cyrus from Babylonia) the first Monotheistic religion (of one God the Creator the Almighty; not the stones the bulls the golden calves, other material world objects used then in Arabia) and also first Christian Jesus followers themselves, were piously honoring from their common forefathers? Only if he is a false prophet, a hoax, a fake holy person, therefore a common sinner and a common blood-thirsty conqueror or leader.
    And then even quite calculistic and in an imaginary way (since the bones of this false prophet were buried, being taken to heaven on an arabic horse exactly from that spot were the King Solomon temple to the One Creator One God, before stood!? A calculistic lunatic with visions and kids stories. A sick person, a squizophrenic, a psychopath, a proud sinner man also full of prejudice, because of systematic examples of racism and of criminal disrespect he had with thousands of others.
    Muhammad never was and never will be a Prophet. Is actions do not show any Holiness: he had 10 official wives (at least), with one of them (Aisha) and by any ancient or modern standards he even can be classified as being a ‘pedophile’, he expelled killed or conquered adversaries and territories from Jews and arab Christians, territories of other political leaders that were passing by phase of weakness (Egypt, Persia, Syria, northern Africa, …) etc etc always killing by the sword. Besides being a lunatic esquizophrenic sick person with visions … because of his opportunistic first marriage with a wealthy woman (that had age to be his mother) associated with powerful arab merchants, he conveniently (and in a quite calculistic way done by his wives families) became an arab leader. No more no less.
    And the racism of arabs against jews (do not forget that Israel is descendent from the official marriage of Abraham with his jewish wife, while Arabs descend from his slave) made the rest. This false religion is based on hate of two brothers from same father-trunk, and the arabs very difficultly (because of racial blindness) will see that the Salvation comes from believing in a Jew that died on the Cross for the sins of all Mankind: Jesus Christ, God made flesh, but exactly because of that Citizen of the World – no racism, simultaneous jew and gentile, renewer of the Old Testament in the attitudes examples principles laws parabolas gospels ideas justifications pedagogic behaviors and innumerous other aspects and facets clearly outline in the 4 independent stories of His deeds and the deeds and inspired thoughts (contained in New Testament Gospels and Letters and Acts of the Apostles) of his first humble leaders followers and Gospel spreaders. The arab Christians still remaining is a miracle of the True God because the opportunistic sinner arab leader of the 7th century and his sinful followers exterminated enslaved killed and destroyed (by devilish actions) almost all of the arab natural Christian adhesion then existing in the Middle East.
    What is regretful is that because of this lunatic and — an historic arab leader, falsely converted in a pretense prophet but in fact a false prophet (nothing to be followed, unless you are a mentally blind fanatic islamofascist) that personally led his crimes by the sword — so much unrest has been caused to the world to his region and to other regions (namely Europe, in a weakness period after the Huns Vandals Suevs Goths successive invasions of the western roman empire ; and only much latter by the turks invasion of the eastern roman empire).
    Such invasions do not have nothing of Holy, even if led by this fanatic un-holy common arab man, horse-back riding with a weapon of destruction by killing – a sword – in his criminal hands (doing the crimes with the known weapon: what else do you need to judge him in the court of History!?. Are you blind deaf and mute!? Or are you an animal!?).
    On the contrary, Jesus did not led any army rebellion any conquering and killing of his adversaries, and as a Peacemaker died in a Holy Cross our symbol of Love of Tolerance of Wisdom of Holy Rationality … not of blind muslim fanaticism.
    And if by some reason you still do not feel attracted and attached to Jesus Love (read His sayings, interpret them with a free spirit consulting his followers if necessary, let the Holy flow of God’s will enter into your mind, not imposed to you by blind mindless fanatics and not afraid a changing into the religion of True Love of God for Mankind) … then I tell you that at least the last Prophets were John Paul II (every Man or Woman of good will knows whom he was and what he represents even today), Mother Teresa of Calcutta (a Holy albanian woman, now a world symbol of catholic Christian universal woman’s love for mankind), …, Martin Lutter King, Gandhi, Dr Livingstone, … … and thousands of world citizens in every continent (known and unknown) by whose actions examples works and deeds the world moved positively forward without destroying others.
    But definitely the arab leader of the 7th century (d.C.) is not included and will never be in the list (he does not deserve to be, because exactly of his life of wrong calculated deeds and crimes committed), even if islamofascist want by force by homicides by suicides by kamikaze’s by pressure or by any other stupid means convince or force the rest of the world of their blindness.
    What is also regretful is that most of the arabs and all of the muslims do not re-direct their supposedly existing pious character toward God’s concept and idea, into the right direction: Be Christian (as most of your ancestors of the 3rd to 7th to 10th century, before being forced to change or die), because Jesus Christ is synonymous of Universality of Love.
    And, nevertheless, may God and Jesus bless you all ! I do not hate you, I hate what you — the presently living — pretend to stupidly follow as a false gospel of threads of punishments of hate of illogical non-theologian sayings, serving arab needs in a certain moment in history (the reason why the man is historically labeled solely as an arab leader, no more-no less). But you deserve much much much more!
    Such false-truth of such false religion has created and is creating world damage (to you and to all mankind). But notice that God is Love, he is the Creator the Almighty One, the One and Only, even if for other believers (say in Asia, the Buddhists or any others) it is represented with many faces or facets of properties (as the New Testament indicates, in His house there are many rooms, that is many ways or paths to achieve to recognize him as Almighty, Creator, the One and Only God). This is the reason I am and will always be a Christian: rational universality through Him and through His Love.

    Rod Gondes

  28. amir said

    No evangelho Jesus nunca falou que era o DEUS FILHO e tambem nunca falou da SANTISSIMA TRINDADE,ate porque a SANTISSIMA TRINDADE FOI CRIADA NO CONCILIO DE NICEIA QUE um imperador romano pagao convocou.me expique porque depois de conselho de niceia houve alteraçoes no evangelho com a retirada de varios evangelhos e que as pessoas que seguiam o evangelho naquela epoca depois do conselho de niceia e nao concordavam com a alteraçao do evangelho ou com as retiradas de outros evangelhos eram queimadas a mando do imperador e da igreja.PERGUNTO:VOCES FALAM QUE EXISTE A TRINDADE MAS QUE O DEUS FILHO(JESUS) NAO E O DEUS PAI E QUE O DEUS PAI E MAIOR QUE O DEUS FILHO(JESUS CRISTO)E QUE O ESPIRITO SANTO E DEUS EM ESPIRITO,E QUE JESUS CRISTO QUANDO ERA REFERIDO NO EVANGELHO FILHO DO HOMEM E PORQUE ORA ELE FALAVA COMO HOMEM ORA COMO DEUS FIHO,ENTAO SE JESUS CRISTO É O DEUS FILHO MENOR QUE O DEUS PAI ELE NAO É O DEUS PAI LOGICAMENTE ELE NAO É O CRIADOR ENTAO O PRINCIPIO DA UNICIDADE ESTA DESCARTADO PORQUE AI JA EXISTEM DOIS DEUSES O PAI QUE É MAIOR QUE O FILHO E O FILHO QUE NAO FOI O CRIADOR DO MUNDO E É MENOR QUE O PAI.SOBRE O ESPIRITO SANTO VOCES FALAM QUE ELE É A TERCEIRA PESSOA DA TRINDADE E QUE ELE É DEUS ESPIRITO,ORA SE ELE É O DEUS ESPIRITO QUEM É O DEUS PAI?NOVAMENTE SE O ESPIRITO SANTO É DEUS COMO ELE É O DEUS PAI TODO PODEROSO E O DEUS FILHO QUE É MENOR QUE O DEUS PAI E O ESPIRITO SANTO NAO É O DEUS PAI ATE PORQUE SE FOSSE NAO EXISTIRIA A TRINDADE E SIM UM DUETO POIS O ESPIRITO SANTO É DEUS?E SE ELE FOR DEUS CADE O DEUS TODO PODEROSO O DEUS PAI?NOVAMENTE EXISTE UM TERCEIRO DEUS QUE NAO E NEM O DEUS FILHO NEM O DEUS PAI TALVEZ SEJA UM DEUS TIO OU PRIMO NEH?ME EXPLIQUE GRANDE SÁBIO SE JESUS NAO É O DEUS PAI E SIM O DEUS FILHO QUE NAO TEM O PODER DO DEUS PAI PORQUE QUE JESUS CRISTO FALA NO EVANGELHO QUE O PAI E MAIOR DO QUE EU?AH SIM E EM MATEUS 23:9 JESUS CRISTO DIZ:E A NINGUEM NA TERRA CHAMEIS VOSSO PAI,PORQUE UM SÓ E VOSSO PAI O QUAL ESTA NOS CÉUS.(MATEUS 23:9).VOLTANDO QUANDO VOCE ORA E FALA PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU VOCE QUER DIZER DEUS NOSSO QUE ESTAIS NOS CÉUS,ENTAO JESUS DISSE EM MATEUS 23:9 A NINGUÉM NA TERRA CHAMEIS VOSSO DEUS,PORQUE UM SÓ E VOSSO DEUS O QUAL ESTA NOS CÉUS.NO MOMENTO EM QUE JESUS CRISTO DISSE ISSO A MULTIDAO E AOS SEUS APOSTOLOS ELE ESTAVA AQUI NA TERRA LOGO ELE NAO É DEUS E SE NAQUELE MOMENTO ELE FALAVA DE UM DEUS QUE ESTAVA NOS CEUS E QUE NUNCA PISOU NA TERRA COMO VOCE VAI ADORAR JESUS COMO DEUS SE ELE PROPIO FALOU PARA NAO FAZER ISSO?

  29. amir said

    ME EXPLIQUE COM QUE AUTORIDADE O IMPERADOR ROMANO PAGAO A IGREJA ALTERARAM O EVANGELHO NO CONSELHO DE NICEIA?ACASO O PAPA OU O JORGE BUSH PODEM MUDAR O EVANGELHO HOJE SE ELES QUISESSEM?PENSE,REFLITA,PORQUE O HOMEM MUDOU A PALAVRA DE DEUS?

    • tiago said

      OLÁ AMIR,HÁ DO NOVO TESTAMENTO 5.664 MANUSCRITOS EM GREGO,PORÉM NINGUÉM CONSEGUE DAR UMA BOA EXPLICAÇÃO PORQUE OS ENSINAMENTOS DAS CÓPIAS DOS SÉCULOS 3 E 4 ESTÃO IGUAIS AS CÓPIAS DOS SÉCUOLS 2,JÁ EM OUTRAS LÍNGUAS DO SÉCULO 2,3 E 4 FORA O GREGO,EM LÍNGUAS EXISTEM 24 MIL MANUSCRITOS COM OS MESMOS ENSINAMENTOS DAQUELES DO SÉCULO 2,SE VOCÊ É UM BOM MUÇULMANO CONHEÇA OS TRABALHOS DE BRUCE METZGER E TAMBÉM DOS ESPECIALISTAS NORMAN GEISLER E WILLIAM NIX QUE ACRESCENTAM:”O NOVO TESTAMENTO,ENTÃO,NÃO APENAS SOBREVIVEU EM MAIOR NÚMERO DE MANUSCRITOS QUE QUALQUER OUTRO LIVRO DA ANTIGUIDADE,MAS SOBREVIVEU EM FORMA MAIS PURA QUE QUALQUER OUTRO GRANDE LIVRO-UMA FORMA 99,5% PURA.

      • tiago said

        na 3ºlinha do meu comentário é em outras línguas só para corrigir

      • tiago said

        OLÁ SÓ PARA CORRIGIR O MEU COMENTÁRIO ANTERIOR,NA 3º LINHA É EM OUTRAS LÍNGUAS…MEU NOME É TIAGO SOU DESCEDENTE DE PORTUGUESES,MORO NA PARTE SUL DO BRASIL,TODOS NÓS CONSEGUIMOS VER COMO O ISLÃ É FRACO,NEM ARGUMENTAR ELES CONSEGUEM DIREITO,COM AMOR A PORTUGAL POR PARTE DE UM DESCENDENTE,PERGUNTE A UM MUÇULMANO SOBRE AS DIFERENÇAS NO ALCORÃO,AS HADITS ENSINAM QUE HAVIA DIFERENÇAS ENTRE UM E OUTRO NO VASTO IMPÉRIO ISLÂMICO…BRUCE METZGER,NORMAN GEISLER E WILLIAM NIX,ESTES TRÊS ESPECIALISTAS PROVAM QUE A BÍBLIA NA SUA DOUTRINA SE MANTÉM 99,5% PURA,NO ALCORÃO ALLAH DISSE PARA MOHAMED QUE IRIA LIVRAR O ALCORÃO DE QUALQUER TIPO DE MANIPULAÇÃO E TAMBÉM AS ESCRITURAS(TORÁ E A BÍBLIA) QUE VIERAM ANTES DE MOHAMED,SE OS MUÇULMANOS ACUSAM A BÍBLIA DE TER SIDO MODIFICADA(QUE É UMA GRANDE MENTIRA),ENTÃO ELES TERÃO DE CONFESSAR QUE O ALCORÃO FALHOU.

      • tiago said

        SÓ GOSTARIA DE CORRIGIR,O NOVO TESTAMENTO ESTÁ DE 98,5% A 99,5% PURO.

  30. rod gondes said

    You Mr Amir are one of the man that is changing GOD’s word, as is mentioned or questioned in your last paragraph.
    The Old Testment, being the World of God has inspired or transmitted by Holy Thought — The Holy Spirit — to His messangers or prophets, predicted the coming of Christ from a Virgin in the lineage of David.
    Jesus always refered to God as His Father, the House of the Father, when He would die He would go to the Father’s House. He (Jesus Christ) announced that after His death on the cross he would ressurect (he even said that it in an allegoric way to the judgers in jewish court by saying that He would reconstruct God’s temple — His Body — in 3 days), that God (The Father) would not leave the believers alone but would have the visit and the continuous presence or Holy inspiration of His spirit.
    So He introduced the concept of Holy Spirit, the Holy or perfect thought, of holy reasoning, not the sinfull distorted biased materialistic dominehering deceitful and deceiving common human thought away from God and his multiple examples, etc etc.
    I do not recognize any theological leadership on a political leader like an emperor or whatsoever. Even if by some period they acumulated those powers, before Christ and after Christ, since all the materialistic political leaders everywhere in the world have (in more or less degree) the sinful tendency of feeling and acting like all-to-powerful. But nevertheless they have the honesty of not saying they are the last leader (sinful sinners) of a wrong and distorted god or distotorted false-prophet.
    That is one of the many resons I will never accept theocracy as a political system (like in most arab countries, in Iran, still in Afghanistan and partially in Pakistan, etc etc) led by sinners for sinners against common people and above all against all the others that can not accept rationaly the ruling of pseudo-holy persons but real sinners.

    Under Christianity God the Creator, that existed before after now and ever, started manifesting to the Humanity (created by Him) by the Creation or Universe.
    Once upon a time of human sinful evolution (that should have been towards Him, but was turning away from Him), having had prophets or leaders of the jewish faithful (the 1st monotheistic religion of God Almighty believers) and even the 10 commandments then given to the jewish leader and prophet Moses, He even (as God) created (as Creator) the possibility of a Human Perfect Being on His Image – His Son or His Will to Mankind – born human from the body of a sinless woman Virgin Mary.
    Jesus only gave us examples of good and holy deeds, of holy principles, of holy love for all jews and gentiles (the non jews) teaching the holy message that God is for all born jews or not born jews, white black blue yellow all mankind, whose sins would be washed away through faith in Him (or them alone, since they are the same Universal multifacade concept).
    And by the Creator (God the Father) decision he (Jesus, and part of God the Father because he was created by His Will in Mary) was the Agnus Dei (symbolically the Holy animal of sacrifice for God) in the Altar of Jerusalem in the Passover feast of the year of his cruxifiction.
    After His death in the cross at the calvary and his ressurection, everything Holy we might think of, comes to us by the Holy Thought holy intentions holy inspiration of His Spirit the Holy Spirit holy thought holy reasoning.
    So God, the multi-properties being, the Creator, after Jesus Christ birth teachings and death, and after his ressurection to Eaven next to or with the Creator, still left us with the Holy Thought of His Holy idea — The Holy Spirit.
    This means that we, as humans, can interact with Him through 3 concepts: Creation of Universe, His testimony on Earth through Jesus Christ perfect life and death for the sins of mankind, and the Holy Spirit of his presence thereafter. Three Holy faces of the same Holy and Complete reality.
    And blessed are those who believe without seeing, because they will see God. Even not having seen Jesus I rationally believe in Him. He did not kill anyone or incited anyone to kill or commit any crime in his name, he just taught love peace faith good deeds all the good things possible.
    (On the contrary, there was a sinfull arab leader that killed, cut throats of his enemies with a knife or sword and of those who opposed him, instigated others to kill, etc; see what I already wrote elsewhere on the internet in several sites, for all mentally blind to read and think).
    By the fact of not seing the gravity I rationally know the effects of its existence. That is the same for me for God for Jesus and for their common Holy Spirit. They are 3 in 1, 1 in 3.
    A stable triangle or Trinity of Holy perfect concepts that constitute the base cell of universe construction for a three-dimensional human behing as myself.
    Since God concept and reality as ever existing, as omnipresent, non-temporal or immortal, is completely compatible with other universes above 3-dimensional space, it may be that in other dimensional spaces (above 3, and which as 3D behings we can not see) the God intersection with those spaces is in more than 3 concepts.
    At our level on Earth, and so far, there are 3 concepts with whose combinations any beliver can feel see and sense HIM or THEM the Holy Trinity of One and Only: Creator, human intersection on Earth through Jesus Christ, and Holy Spirit of His Holy Thought.
    Rod Gondes

  31. ombl said

    eliana
    almiscar.selvagem

    e

    MAOISMO, SIM ! SIONISMO ,NÃO !
    http://jos.dooi.com.br | jos.do@oi.com.br

    Provem que são muçulmanos!

  32. Sesso said

    Great site.

  33. letícia said

    islamismo é das trevas, isso é fato!

  34. marco boumann said

    bom, eu queria saber o seguinte dos mulcçumanos ai, se vcs dizem que a doutrina de vcs sao as corretas, entao como vcs explicam a vinda de cristo nascendo e morrendo e recussitando diante os mortos e hj ele estando vivo, que isso tambem e um fato, ja que o messisas de vcs esta ate agora apodrecendo no mundo dos mortos?? e tem mais, soh lembrando a vcs que cristianismo não tem nada haver com o catolicismo.será que vcs serão capazes de responder…

    • mohamad said

      o profeta e o mensageiro de Deus e nao um messias.
      nos acreditamos em Jesus, porem nao como filho de Deus. e muito importante que antes de fazer um comentario estudem a fundo as religioes pois e um assunto muito profundo.
      de acordo com o islam jesus vai recussitar, porem antes dele vira um falso messias ele sera caolho, fara milagres e recucitara os mortos. so os fieis conseguirao ver escrito em sua testa que ele e o falso messias,
      esta tambem escrrito quem e onde ele vai ser morto e apos isso vira Jesus. mas ate ai meu amigo o mundo nao vai ser como nos conhecemos.

      se voce tem interesse pega o que esse rapaz escreveu e pesquise os verciculos e veja se oque ele falou e verdade ou mentira

      hoje as pessoas sao acomodadas e apenas leem sem ao menos pesquisar se e certo ou errado a informacao passada.

      boa sorte irmao

  35. Leandro Hoeser said

    The truth to be happy!.
    Heaven cries proclaiming Truth, Revelation and 22vs18
    19 to improve, be prosperous, safe and free As the
    Lord Jesus Christ: Do not charged a penny for what he did,
    Sound Doctrine proclaimed without tithing and without fanaticism, for
    order of God the Father is the new constitution of the new
    testament, which are only two commandments: Love God and
    thy neighbor, in faith and works. As a family in Heaven:
    Acts of the Apostles: 4 VS 32 … We are messengers from heaven,
    no peddlers or scams! The Lord says: I want my
    church back to the cue and sound doctrine taught in the
    New Testament Covenant with God as Father free
    Family, without hypocrisy! The disciple has to be and do
    as the Master, to be a disciple, firm and faithful in
    Indeed, until the end. It is the celestial sound doctrine, even if
    reaching those who are to be saved. It is the freedom
    For divine salvation.
    You’re right, come to the right source, the decision
    and some for better, for without the blessing of eternal
    infidelity! Come and participate, without losing
    time and no money! If you believe, receive. It is the revelation
    final. God father is giving his last mercy
    before the end. Heavenly actually lives together, lives
    happy to heaven together as a family of Mr. Jesus as
    saved. Only win if you believe that is true of God the Father is
    he who will unite the faithful and true to stand up
    Flag this heavenly glory eternal. Are all
    blessed as a family, in salvation. They won without times
    more in this life and in heaven by merit. We are a
    little piece of God the Father, the salvation, come and learn more
    earn more naturally, and free to be Happy
    prosperous, and saved as temple and abode of truth
    God our father, as sons of heaven as the angels, as
    Mr. Jesus church as brothers and not Customers.
    “Malachi” is law! Are taxes! Is Caesar’s is the king,
    Government.
    Jesus Christ is the grace of Grace, is salvation! Offers
    Volunteer Amen! It is the path without human ignorance,
    are volunteers in every good work, without respect of person
    or religion, we are free in the fear and love of our
    Father God, in the example of our Holy Mr. Jesus, the pure
    love is forever. Is RESUMPTION GRAND! It is the
    Salvation! It is the truth that liberates and makes free!
    —————
    Shrine of the Holy Father GOD *
    Icaraí Avenue, No. 711, Parada 50 – Alvorada / RS CEP: 94 824 –
    030
    Messengers: Nens – Phone: 51-93600642
    Leandro – Phone: 51-81128216
    Peace of Heaven Amen!

  36. Adriana Atefah said

    Shalon,

    em resposta a questão da sucessão, o profeta deixou em aberto por dois fatos
    Primeiro, ele tinha companheiros e um deles era parente e os árabes tinham o costume de sempre dar prioridade aos familiares. Sendo que todos os companheiros eram parantes, fato que você esquece, pois tiveram casamento com a família do profeta e virce-versa.

    Segundo.. uma passagem do alcorão indica o Consulta Mútua para uma comunidade

    “Tudo quanto vos foi concedido (até agora) é o efêmero gozo da vida terrena; no entanto, o que está junto a Deus é preferível e mais perdurável, para os fiéis que se encomendam a seu Senhor.
    São aqueles que as abstêm dos pecados graves e das obscenidades e que, embora zangados, sabem perdoar,
    Que atendem ao seu Senhor, observam a oração, resolvem os seus assuntos em consulta e fazem caridade daquilo com que os agraciamos;” Alcorão 42:36-38

    Isso é aplicável sim em todos os setores da vida…
    Mas quando estamos mesmo dispostos a difamar algo, nada nos convence do contrário não é mesmo?

    Os legisladores islâmicos, admitem sim que hadices podem conter contradições, pois são RELATOS e por isso existe uma ciência que trata disso e os classifica como hadices autênticos, são os foram repetidos sem divergências nos narradores, hadices fortes, apenas poucas divergências e hadices fracos cujas divergências são maiores e hadices falsos cujos não possuem nenhuma repetição.
    Analisa-se também o histórico de quem está narrando antes de um hadice ser aceito.
    Lembre-se, hadices são fontes secundárias.

    Tudo possui fontes originais para quem quiser estudar a fundo, comprovar.
    Os primeiros manuscritos que se tem do alcorão, estão compatíveis com os que temos hoje.
    A história de compilação, todos conhecem com facilidade. Não é novidade alguma. Só que esquecem que quando se menciona “encontraram divergências em textos”, justamente porque o árabe falado por cada tribo no Hijaz era diferente e não existia vocalização.

    Só um mero detalhe, legislador pode sim cometer erros em seus pareceres e não são a fonte máxima do islam. Se os muçulmanos preferem tê-los como “papas” do islam, aí se torna um caso diferente.

    Rebatam, se for possível , as explicações do Mufti do Egito e rebatam também, como mentira os atuais filósofos muçulmanos e sábios como Seyed Housen Nasr.

    Pegar a história por parcela, e debater com leigos, é muito simples…
    Agora, só mencionam do Oriente muçulmano o que mais convém… Enquanto esquecem dos diversos movimentos sobre o estudo das fontes islâmicas, que ocultam para embasar as agressões que cometem.

    Rebatam intelectuais muçulmanos de potência, não meros leigos..

  37. QUERO PEDIR DESCULPA PELA FRESE USADA, SOU EX-EVANGÉLICO. LÉIO A BÍBLIA E TENHO O LIVRO SAGRADO O ALCORÃO. PESSOALMENTE NÃO ACREDITO NAS HISTÓRIAS RELIGIOSA. MAIS UMA VEZ DESCULPA!

  38. “S.S.D.P.” (Santuário, Santo, de Deus Pai) Movimento Santo na terra, sem dízimos e sem fanatismo. Resgatando a verdade para ser feliz, como está escrito: Nem nos montes nem nos templos, Deus procura os que o Adoram em espirito e verdade…
    Como Cristo Jesus fez, como seu discípulo.
    Nós nos reunimos para a Salvação, mas…
    Vai muito além de apenas se reunir em Santos cultos, é Fé e Obras.
    Como está escrito: Buscai o reino de Deus e a sua Justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas.
    Contato:
    leandrohoeser@yahoo.com.br, leandrohoeser@hotmail.com, Twitter – leandrossdp (@Hoeserssdp), NensoSSDP@hotmail.com.br, NensoSSDP@Gmail.com, twitter – Nenso Hoeser (@NensoSSDPHoeser), Facebook – NensoSSDP Hoeser, Twitter – SSDP (@osverdadeiros)
    F: (51) 96723932 – (51) 91042192 – (51)31021501 – (51)98259400

    Projeto.
    com o nosso dinheiro vamos montar organizações financeira e empresas de todo o tipo, para os membros da irmandade, e com o lucro dessas organizações… Reservar 20% para fundos do movimento para crescer mais e aplicar em outros negócios de todo o tipo para o bem e satisfações dos própros membros… E os outros 80% dividir por igual a todos membros que participarem, é evidente, do projéto… pois a intenção é que todos os membros participem, e também ganhem, assim em efeito dominó para todo o sempre até quando DEUS quiser… UNIDOS ao céu até o fim como parte do corpo de CRISTO JESUS.
    homens de fé e homens d negócios…

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: