Ataque ao islam ou Islão a nu – Para tomar consciência do terror islâmico e o atacar

Apóstatas do Islão

Posted by ombl em Dezembro 17, 2006

Apostatas do Islão.www.apostatesofislam.com
” Quem somos nós:
Somos ex-Muçulmanos. Alguns de nós fomos nascidos e educados no islão e alguns de nós tínhamos-nos convertidos a esta religião nalgum momento das nossas vidas. Fomos ensinados a nunca questionar a verdade do islão e acreditar em Allah e no seu mensageiro com fé cega. Ensinaram-nos que Allah perdoaria todos os pecados menos a descrença (Quran 4:48 e 4:116). Mas cometemos o imperdoável pecado de pensar e questionamos as crenças que nos foram impostas. Percebemos que longe de ser uma religião da verdade, o Islão é um engano, uma alucinação de uma mente doente, apenas mentiras e falsidades.

O que nós acreditamos:

Alguns de nós adoptámos outras religiões mas na maioria abandonámos simplesmente o islão sem acreditar em qualquer outra religião. Nós acreditamos na humanidade. Acreditamos que os seres humanos não necessitam seguir uma religião para ser bons. Tudo o que nós necessitamos seguir é a regra dourada. Tudo que nós temos de fazer é tratar os outros da mesma maneira em que nós esperamos ser tratados. Esta é a essência de toda a bondade. Todos os ensinos religiosos bons partem deste princípio eterno. Esta deve ser a orientação da humanidade, a regra de ouro.
Porque o Corão não vem de Deus:
Maomé não realizou nenhum milagre e quando foi pressionado reivindicou que o seu milagre era o Corão. Contudo um olhar crítico no Corão revela que este livro está cheio de erros. O Corão é cheio de disparates científicos, erros históricos, erros matemáticos, disparates lógicos, erros gramaticais e fraudes éticas. Foi mal redigido e contradiz-se a si próprio. Não há nada inteligente neste livro alegadamente miraculoso. Maomé desafiou a gente para produzirem “Suras como ele” ou para encontrarem qualquer erro. Contudo os maometanos matariam qualquer que ousasse criticá-lo. Em tal clima de falsidade e de violência, a verdade foi a primeira vítima.

Qual é o nosso objectivo?
Nós somos apostatas do islão. Renegámos dele. Denunciamo-lo como uma doutrina falsa de ódio e de terror. Porém, nós não estamos em contra dos muçulmanos que são os nossos próprios parentes e família. Não advogamos o ódio e a violência. Os muçulmanos são as vítimas principais do islão. O nosso objectivo é educá-los e deixar-lhes ver a verdade. Somos contrários ao islão, mas não aos muçulmanos. Tentamos trazer os muçulmanos na comunidade humana. Desenraizar o islão, de modo que os nossos povos possam ser libertados, e seja-lhes possível prosperarem e afastarem-se da armadilha do islão. Nós gostaríamos de ver os países islâmicos dedicarem mais tempo à ciência e menos tempo ao Corão e à Sharia. Nós gostaríamos de vê-los progredir e contribuírem à civilização humana. Gostaríamos de ver as draconianas leis do islão eliminadas e as gentes serem tratadas humanamente. Aspiramos à liberdade de opinião, à igualdade dos sexos e a unidade do género humano.
O maior desafio da humanidade:

A humanidade é hoje enfrentada a um perigo grande. O fundamentalismo islâmico está a subir e o ódio está a crescer nas mentes de milhões de muçulmanos. Este ódio deve ser travado ou trará umas consequências desastrosas. Nós acreditamos que a instrução é a única resposta. Os intelectuais muçulmanos devem dar-se conta que o islão é uma doutrina falsa e devem deixar o resto do mundo islâmico conhecer a verdade. O islão é uma religião que repousa na suposição arrogante que é a religião mais lógica, a mais científica e a mais perfeita. Quando na realidade é a doutrina mais estúpida – a opinião mais contrária e mais absurda-. Uma vez que a verdade sobre o islão se transformar em conhecimento comum, ficará enfraquecida e o fanatismo islâmico perderá os seus dentes. Centenas de bilhões de dólares são gastos para combater o terrorismo islamista, contudo nenhum esforço é feito contra a ideologia que se encontra atrás deste terrorismo. É a nossa opinião que o terrorismo islâmico não estará eliminado a menos que a ideologia que o sustenta não for e erradicada. Este é o nosso objectivo. “

12 Respostas to “Apóstatas do Islão”

  1. oscar said

    Tenho muita pena de voces, e ao mesmo tempo reconheco que nao devia me preocupar connvosco, porque vcs, pura e simplesmente, nao existem, nao vou perder meu tempo….

  2. Anónimo said

    http://afilosofia.no.sapo.pt/10Islamismobil.htm

  3. Anónimo said

    ” Tenho muita pena de voces, … perder meu tempo…. ”
    Obrigado pela sua pena.
    Mas não vale a pena preocupar-se .
    Esteja à vontade gostamos de saber o que pensa e em que é que se fundamenta.
    Olhe que o site e o fórum dos apóstatas existem, vá lá e veja.
    Está no inicio do tópico

  4. cidadãos solidários e alertas said

    Prezado Apelante brasileiro:

    Nos sensibilizamos com o seu apelo/denúncia e concordamos que o ordenamento jurídico internacional,a exemplo das leis que você mencionou,deve ser obrigatoriamente respeitado ,nem que seja por força de sanções,não importando se se trata de um Estado imperialista expansionista.
    O respeito à Lei precisa ser restabelecido,pois,até a imagem da ONU foi atingida nisso tudo,a exemplo da recente e injusta agressão ao Iraque. Daí,prestamos a nossa solidariedade ao seu apelo pela libertação dos prisioneiros afegãos e de outras nacionalidades.

  5. Anónimo said

    Vejam lá se listam tudo e de todos ou o corão já não permite isso ?
    E já agora, vejam o que a América fez seguindo o ideal americano e o que fez desviando-se desse ideal. Ou também não sabem fazer a diferença ?
    E vejam se sabem separar factos de interpretações.

  6. Anónimo said

    Quando apelam à ONU estão a apelar a uma organização Americana .Cuidado.
    Se os vossos amiguinhos alcaidistas sabem, nem voceses escapam.

  7. cidadãos solidários e alertas said

    Srs. comentaristas dos itens 6 e 7.

    Vocês não compreenderam direito o teor legal do texto acima destacado, que prevê proteção a qualquer cidadão nas circunstâncias mencionadas. Por outro lado,estão equivocados,pois,a ONU NÃO TEM DONO E NÃO É PROPRIEDADE AMERICANA. É uma organização internacional criada por diversos países com a finalidade de reger as relações entre as nações e preservar a paz mundial,com direito inclusive de intervir em conflito com esse objetivo. Existindo alguns paises com direito a votos e vetos em suas resoluções,a exemplo da Rússia,China,EUA…
    Todos sabem que a ONU não tem dono,apenas está sediada em território americano. Contudo, o espaço fisico em que funcionam seus órgãos e se realizam os seus trabalhos,não está sob o poder do governo americano. Quem a administra é um secretário alí livremente escolhido. Tanto não é propriedade americana,que até para dissolvê-la será necessário a decisão do conjunto das nações-membros.
    Por outro lado,nunca saí do território do meu grande país e não tenho nenhum amiguinho alcaidista. Sou brasileiro esclarecido e não fecho os olhos para o que os governos fazem de bom ou de ruím em relação às legislações que ajudaram a criar e deviam respeitar. Releia o texto e sem preconceitos observe os termos da legislação para ver se permite os fatos nele denunciados. Se à luz da Lei Internacional a guerra é ilegal,consequentemente as prisões e outros atos decorentes dela também são antijuridicos. Se os senhores gostam da legalidade,da justiça e do respeito aos direitos humanos,então está na hora de juntos defendermos esta causa.

  8. Anónimo said

    Culturalmente a ONU é Americana.
    Foi a cultura Americana quem mais fez para que existisse.

  9. cidadãos solidários e alertas said

    Sr.comentarista anônimo(item 9):

    Ninguém no mundo com um conhecimento médio faria tal afirmativa,pois a ONU foi criada e existe por razões políticas visando a segurança internacional.
    Encerramos aquí definitivamente o nosso comentário,o nosso diálogo com o senhor sobre esse assunto por lhe faltar cultura para isso.

    Assunto terminado.

  10. Anónimo said

    Toda a gente no mundo com um conhecimento médio faria tal afirmativa,pois a ONU é fruto da cultura Americana .
    Sobre o Ideal Americano:
    Lembre-se que o Brasil copiou a ideal dos estados unidos, denominando-se estados unidos do Brasil. Também condena isso ?

  11. Anónimo said

    Acha que teria sido melhor se a América não tivesse enfrentado o fascismo, o nazismo, o comunismo ditatorial e outras ditaduras e ditadores?
    Nem tudo depende da América, também depende de cada um de nós querer e fazer com que o mundo seja melhor.
    Já comparou a acção da América com a acção das outras potências no passado e no presente?
    Pagar o petróleo a várias vezes mais que o preço de custo é exploração?
    Sem dúvida que o Brasil e os brasileiros e outros povos têm muita coisa boa, mas o motor das coisas boas tem sido a América.

  12. Anónimo said

    Quanto aos prisioneiros, querem que se aplique o método alcaidista?

Sorry, the comment form is closed at this time.

 
%d bloggers like this: