Ataque ao islam ou Islão a nu – Para tomar consciência do terror islâmico e o atacar

Archive for Fevereiro, 2011

Os planos do Islão em 1991 para a América

Posted by ombl em Fevereiro 27, 2011

Fonte: Os planos da Irmandade Muçulmana Blog: Perigo Islâmico

….A evidência disso são documentos de 1991 que o FBI encontrou quando fez uma rusga à casa de um suspeito em Virgínia.

Este “memorando explanatório” traça o “propósito estratégico” para a operação da América do Norte da Irmandade Muçulmana (“Ikhwan”). Eis aqui o parágrafo chave: Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Posted in Islão | 4 Comments »

Crimes da irmandade muçulmana

Posted by ombl em Fevereiro 26, 2011

Espanha: muçulmano armado com um machado ataca em centro de saúde

Egipto: exército ataque mosteiros cristãos a gritos de “Allahu akbar”

BANGLASDESH: VIOLÊNCIA DE MUÇULMANOS CONTRA MINORIAS

Itália: 6 muçulmanos presos por incitamento ao ódio

Alemanha: avança a maldade maometana

Turquia: mosteiro cristão milenar em risco

Índia: escola cristã incendiada por rumores sobre a conversão de um muçulmano ao cristianismo

Dinamarca: guetos fora do controlo das autoridades

Egipto: violência contra os coptas como no tempo de Mubarak

“O novo fardo do homem, e cristão”

POLÍCIA PRENDE SUSPEITOS DE PLANEJAR ATAQUE CONTRA PAPA

Outros: Gostava de estar mais entusiasmado com as revoluções árabes*

Vídeo: Entrevista de Barry Rubin sobre a farsa da cobertura midiática ocidental à crise no Egito

Vídeoas: Os árabes segundo alguns árabes

Ode a Maomé

Para combater a amnésia:  O relato de Ayaan Hirsi Ali no NYT.

Informação Sobre o Islão

AFEGANISTÃO – Pressão internacional para liberdade de outro cristão afegão

Cristã copta raptada no Egito

A QUINTA COLUNA ISLÂMICA NUMA CIDADE DINAMARQUESA

Embaixador líbio em Brasília diz que Al-Qaeda quer usar a Líbia para “atacar a Europa”

Sayyid Qutb: o ideólogo da “jihad”

Um “islamofóbico” confessa-se

Manifestantes protestam e fazem greve de fome pela vida de Asia Bibi

Ignorância, mentiras e idiotices em relação aos distúrbios do Oriente Médio

Greenfield: extremismo avança no Egipto e na Tunísia

The Nice – America O que têm eles especificamente contra a América?

Humor 

 

 

 

Posted in Islão | 1 Comment »

Na Líbia a culpa é de maomé e do islão

Posted by talibanlp em Fevereiro 25, 2011

É uma forma simples de dizer mas é a mais pura verdade.
Explicando.
No islão, maomé destruiu todas as fontes espirituais do bem.
No islão, o que é humano não tem valor  o que significa que maomé destruiu todo o humanismo e boas espiritualidades dos ateus.

E no islão, Deus não Fala, não tem Espírito, nem, Filho, Família, Anjos, Arcanjos, Santos, ou qualquer outra entidade boa no activo.
O que significa que no islão maomé destruiu todo o Bom Divino.

Ainda pior.
No islão maomé só deixou o diabo e os génios maus à solta.
Disse que o seu maometano allah era o criador e autorizador dos diabos e só deles. Também disse que esse allah era o maior conspirador e enganador.

Portanto o maometano allah, por aquilo mesmo que maomé nos revelou, ainda era mais pior mau ruim do que o pior dos criminosos e diabos.

E é essa entidade, o maometano allah ou seja o super diabo, que os maometas seguem e servem.

Estas e outras verdades já tiveram tempo de chegar aos muçulmanos mais importantes e de eles responderem a desmentir.
Não o fizeram e ao não o fazerem só comprovam e confirmam todas as verdades verdadeiras que se disseram sobre o super satanismo e suprema maldade que o islão foi, é e quer ser.

Como foi o islão que mais influenciou e desgraçou os Líbios, maomé é que é o verdadeiro responsável por todos os crimes  que uns e outros fazem e todos os muçulmanos cúmplices morais e materiais dessas barbaridades.

Notas: maomé disse que o islão vinha de allah, mas a verdade é que maomé deu indicações e orientações a esse allah.

Estas verdades ajudam a salvar a alma de maomé,  portanto,  de livre e espontânea vontade todo o muçulmano as deve divulgar e ficar contente.

Posted in Islão | Leave a Comment »

Olavo de Carvalho e Pat Condell sobre o Islão

Posted by ombl em Fevereiro 19, 2011

Olavo de Carvalho, Atuação Islâmica no Ocidente, onde também fala sobre as taricas, True Outspeak 05/03/07__

Pat Condel, A VERDADE CRIMINOSA…

Transcrição do vídeo em http://dotsub.com/media…..
Criticar a religião da paz é correr o risco de ser acusado de incitação ao ódio
por pessoas que vão continuar a insultar-nos e a ameaçar-nos,
e tanto quanto permitir a sua perversa imaginação,
seremos nós os acusados de incitação ao ódio.
E se tivermos a pouca sorte de viver em certas partes da Europa,
vamos ser ainda por cima condenados como criminosos.
Todos aqueles que pensaram que a experiência com os cartoons
foi uma maneira da Dinamarca bater o pé ao Islão ficarão decepcionados
ao saber que este país ultimamente condena os seus próprios
cidadãos por dizer a verdade acerca da religião da ofensa permanente.
Esta semana Lars Hedegaard, o presidente da Free Press Society,
vai ser condenado na Dinamarca apenas por mencionar a relativa
enorme quantidade de violações no seio da família na cultura muçulmana.
Como toda a gente sabe, a violência contra mulheres e raparigas
é uma das razões que faz com que a cultura islâmica seja inferior à ocidental –
Não é só diferente, é consideravelmente menos civilizada
No entanto, as autoridades dinamarquesas querem que as pessoas pensem
que a violência islâmica contra mulheres e raparigas não existe
porque de outro modo teriam que tomar medidas,
e isso é a última coisa que querem, isso significaria motins na via pública,
barricadas, carros incendiados e tudo o que se segue,
e dinamarqueses de férias em países muçulmanos
poderiam ser atacados ou mortos.
E assim fazem de conta que não existe
condenando quem afirmar que existe.
Para eles é mais seguro criminalizar os seus cidadãos,
sabem que assim não haverá distúrbios e ninguém será assassinado.
Neste processo, assim como nos outros dois que vão ter lugar
na Holanda e na Austria, dizer a verdade não é uma defesa,
porque não se trata de confirmar ou apurar a verdade,
o que a justiça supostamente deveria fazer.
Trata-se de esconder a verdade para apaziguar a ameaça de violência muçulmana,
o que faz disto um acto de terrorismo cultural.
E é agravado pelo facto que não se ouve sequer uma palavra
sobre este assunto na imprensa ocidental, a chamada imprensa livre,
que parece querer fazer disto o seu pequeno segredo.
Se não fosse a Internet, ninguém estaria ao corrente deste processo
ou do processo na Austria.
Ofender é actualmente um crime em vários países europeus.
Não há ninguém na imprensa ocidental que tenha algo crítico a dizer sobre isto?
Ou já se tornaram tão estúpidos e complacentes para perceber
que estas leis também ameaçam a liberdade de imprensa,
assim como a liberdade do cidadão dizer o que pensa?
Uma das mentiras mais prejudiciais da nossa época é dizer que todas as culturas são iguais,
quando é claro, visível e comprovado que nem de perto são iguais.
Até parece que não se encontram no mesmo planeta, tão desiguais são.
Mas nós temos medo de pisar ovos, tão confusos estamos com
tanta culpa post-imperialista, e por razões inexplicáveis resolvemos
ver nisso uma virtude mortificadora, e não uma maldição castradora.
Quando se permite a imigração de milhões de pessoas de lugares
onde é normal mutilar as filhas,
onde as matam num repente por causa de um distorcido sentimento de honra,
e onde as vítimas de violação são tratadas como criminosas,
não é preciso ser um génio para perceber que estamos a importar
também estes valores e comportamento, a não ser que tomemos medidas preventivas.
E foi aqui que falhamos espectacularmente na Europa.
Na realidade, fomos nós que encorajamos isto ao permitir o separatismo e a formação de guetos
Sob o pretexto do nosso velho amigo: multiculturalismo.
E como consequência, a violência islâmica contra mulheres e raparigas
é hoje uma vergonhosa realidade na Europa, e tentar usar a lei para reprimir
a discussão sobre este tema não é ser esclarecido nem tolerante nem liberal;
é uma vergonha, uma estupidez, uma cobardia e é imperdoável.
Trata-se de poluição cultural a nível criminoso, e para quem vive na Europa
vão ser os netos a pagar o preço,
eles vão amaldiçoá-lo, e todos os outros que vivem hoje, por ter deixado isto acontecer.
A nossa civilização foi forjada no duro teste da troca de ideias opostas livremente.
Este é o segredo mágico. Este é o padrão-ouro que tornou possível o que somos,
que fez das nossas sociedades as mais avançadas da história da humanidade.
Temos o dever e a obrigação de manter este padrão, seja como for,
em prol das gerações futuras. Apesar da avalanche de direitos
Em que fomos submersos nos últimos anos, não temos o direito de fugir a este,
porque sem o direito à liberdade de expressão, todos os outros são inúteis.
A liberdade de expressão não é a propriedade exclusiva desta geração de pacificadores sem carácter.
É uma parte intrínseca e essencial da nossa identidade
assim como o Alcorão é para os muçulmanos, e ninguém tem o direito de modificar
isto independentemente de quem se sentir ofendido.
E quem persistir em se sentir ofendido
o melhor é arranjar mais poder de encaixe ou ir viver para outro sítio.
E quem não gostar que vá dar uma curva.
E isto é extensivo a todos os procuradores da justiça e aos cavalos em que vieram montados.
Paz. Posso dizer isto?

Posted in Islão | 2 Comments »

Novo blog, “Perigo Islâmico”

Posted by ombl em Fevereiro 14, 2011

Perigo Islâmico – O Islão é uma ideologia política totalitária mascarada de religião. Os seus planos são os mesmos que o de todas as ideologias totalitárias:  controlo absoluto da população.

Artigo deste novo blog:        Examinando os regimes totalitários

O totalitarismo é um sistema politico que visa regular todos os aspectos da vida pública e privada dum indivíduo. Na imagem debaixo é feita uma comparação entre os três sistemas totalitários mais conhecidos.


Não é de estranhar que os esquerdistas (Hitler incluído) admirem o sistema político mascarado de religião que se dá pelo nome de islão. Quando se trata de total controlo da população, nem mesmo o comunismo supera o islão.

Posted in Islão | 3 Comments »

Videos Ocidente vs Islão na Universidade do Porto

Posted by ombl em Fevereiro 8, 2011

Diálogos com a Ciência II

Os videos da conferência sobre as relações entre o Ocidente e o Islão podem ser vistos aqui:_____1ª parte_______2ª parte_______3ª parte_______Debate

Mais  sobre o Islão: O lobby muçulmano europeu

Vídeos sobre as ameaças da besta

O AVANÇO DO ISLAMISMO RADICAL vs. FRAQUEZA DO OCIDENTE

A esquerda e o islão de mãos dadas. . .

Trabajador ayudante será ejecutado por ser cristiano

Demostración de EDL en Luton el 05.02 2011

Posted in Islão | 2 Comments »

Fundamentos e maldades Muçulmanas…

Posted by ombl em Fevereiro 7, 2011

Relembremos os Fundamentos da Irmandade Muçulmana… Ler em baixo

São Todos Farinha Da Mesma maldade Ler em baixo

More Sudanese slaves raped, forcibly converted to Islam 

Outros: Obama apoia consistentemente os islamitas

Alta traição: INSTITUTO MILITAR NORTE-AMERICANO COMEMORA INVASÃO feita pelos bandidos muçulmanos…

As esquerdas e o golpe islâmico no Egito

Liberdade no islão não é o mesmo que no Ocidente (2)

Uma revolução orquestrada a partir dos EUA?

Islamitas chacinam duas famílias coptas

Sobre como o pacifismo pode levar directamente à guerra

Bangladesh: adolescente morre em sequência de castigo prescrito pelo Alcorão

La violación en el islam

Indonesia: Machete-wielding Muslim mob attacks Ahmadi Muslim “heretics,” murdering three

España: Privilegios de la inmigración musulmana que no gozan los españolitos

Nueva masacre islámica de cristianos en Egipto

Nigerian Violence Claims Lives of Christians

INDONÉSIA (48º) – 4/2/2011 (11h30) – Extremistas se manifestam contra abertura de igreja

Islão: o que os outros dizem

Sean Hannity chama Anjem Choudary de doente e filha da p*** no ar

“Inimigo da paz mundial ganha forças do adversário ocidental fragilizado”

Carta aos MUÇULMANOS …

Humor: AL-GHARB – ALGARVE – ALL GARVE

_____________________________________________________

Relembremos os Fundamentos da Irmandade Muçulmana…

Pese a cabotinice optimista de algumas análises jornalisticas, quer gostemos ou não, a Irmandade Muçulmana (IM) vai ter um papel importante no futuro próximo da vida dos egípcios, de Israel e do Ocidente.
Resumidamente, IM Foi fundada em 1928 por um fascista chamado al Banna, com o objectivo de restablecer o esplendor e a dominância islâmica perdida. A imposição da sharia, lei islâmica, é central,
As actividades da IM ultrapassam em muito o simples conceito de partido político extremista baseado no Egipto. De facto, a IM é extremamente activa na Europa e nos USA. Na Europa, uma das suas faces mais destacadas (e muito celebrada pela imprensa dhimmi) é o intelectual Tariq Ramadan (neto de al-Banna). Nos USA, segundo documentos relevados pelo Ministério Público americano em 2007, relativamente ao caso da Holy Land Foundation (que servia para financiar o Hamas), a IM, nas suas próprias palavras, afirmava claramente que se “dedicava a eliminar e a destruir a Civilização Ocidental por dentro e sabotar a sua miserável Casa.”
_______________________________________________________

São Todos Farinha Do Mesmo Saco…

e o saco chama-se islão. São séculos de obscurantismo, provocados por uma ideologia totalitária inspirada num livro medíocre e violento escrito no séc. VI por um calaceiro chamado Maomé. É uma civilização formatada pela prática política de um deus tirano denominado Ala, que a serracenagem afirma que é grande. E por isso andam doridos… O islão é uma civilização historicamente violenta que cresceu conquistando e escravizando povos e nações que foram literalmente varridos do mapa em limpezas étnicas sistemáticas e genocídios conhecidos. Uma civilização que sempre teve uma especial motivação (e frustração),  pela Europa, a sua presa mais apetecida.
Mas actualmente é o Egipto que está na ordem do dia. Vejamos então o que a História nos diz sobre como se processou a invasão e consequente islamização do Egipto, até então um terra de cristãos ortodoxos.
Segundo o testemunho de João, O Monofisista, Bispo de Nikiu, (plasmado nas suas crónicas datadas do ano 700), a invasão muçulmana do Egipto, foi brutal e impiedosa (como aliás o fazem em qualquer lugar que ataquem ou para onde imigrem). Por exemplo, quando os muçulmanos capturaram a cidade de Bahnasa, os invasores massacraram não só o comandante do exército Bizâncio, bem como todos os soldados e todos os habitantes da cidade, quer fossem velhos, bebés ou mulheres. O pânico instalou-se na região levando muitos Cristãos Coptas a fugir do genocídio. No entanto, segundo João de Nikiu, “aqueles egipcios que deixaram a fé Cristã (Monofisistas) abraçaram a fé da besta”. Ele explica que devido á hostilidade para com o Imperador Heraclito (610-641) e para o Patriarca Kyros de Alexandria, os Coptas, em certas cidades, tal como Antinoe, cooperaram com os invasores e submeteram-se, tronando-se cidadãos de segunda classe, ou seja dhimmis.
João de Nikius, nos seus escritos,  também deixa um aviso para as gerações futuras, para nós incluído. Ele refere que o colapso de Alexandria e do Egipto resultou na incapacidade e impotência do Patriarca Kyros em defender a cidade,  e da ténue, senão mesmo apaziguadora, posição do governo em Constatinopla após a morte do Imperador Heráclito. De notar que, por esta altura, Bizâncio era acossada por várias invasões. Outros Coptas, em grande número, recusaram-se em submeterem-se á lei do corão e sofreram perseguições e chacinas intermináveis (que ainda hoje continuam como todos sabemos).
João de Nikius assim o descreve: “Multidões de Coptas, não unicamente Gregos, ficaram horrorizados pelos massacres e prepararam-se para a batalha contra os Árabes, tendo testemunhado a desvatação e a carnificina de Alexandria após a sua queda.” João de Nikiu descreve ainda que, “os Coptas rezavam a Deus para os libertar dos inimigos da cruz e do jugo muçulmano bem mais pesado do que o jugo do Faraó sobre os Israelitas.”
A conquista do Egipto seguiu o padrão de violência das conquistas da “religião da paz”: Desde a Península Ibérica até à India.  

Com a curiosa excepção do optimismo mal amanhado que esquerdistas e arabistas deixam por estes dias nas páginas dos jornais, todos aqueles que vivem com os dois pés bem assentes neste planeta, esperavam que, mais cedo ou mais tarde, a manifestações “pró-democracia” no Egipto acabassem neste indecoroso espectáculo trauliteiro da turba maometana. (Afinal de contas quem é que quer esta gente na Europa?)
Curioso também, os jornalistas in loco não verem” os cartazes anti-israelitas que circulam em grande número carregados pelos amantes da “paz e da democracia”. Esses, até eu bem sentado no meu sofá consigo ler na televisão. É duplamente sintomático. E por falar em sintomas? Não me lembra de ler ou de ouvir os excitados pela democracia no Egipto a excitarem-se de igual forma pelas gigantescas manifestações pró democracia no Irão…ainda ano passado.

Só pode ser falta de memória…minha!

Posted in Islão | Leave a Comment »

Egipto e a maldade islâmica

Posted by ombl em Fevereiro 1, 2011

Observando O Egipto.

Conhecer a Irmandade Muçulmana

Alerta Vermelho: Hamas entra no Egipto em apoio à Irmandade Muçulmana

O que esta acontecendo no Oriente Médio?

O projecto Irmandade Muçulmana

O destino preocupante dos coptas no Egipto

O lóbi muçulmano europeu

EGITO (19º) – 28/1/2011 (14h30) – Grupo de direitos humanos critica tratamento de cristãos coptas

Digamos não à islamização!

While all eyes are on Egypt, Hamas fires rockets into Israel

“Eu renunciei ao Islã”
A ativista contra a pena de morte por apedrejamento e defensora da iraniana Sakineh Ashtiani fala da escalada de execuções no Irã e conta por que abandonou a fé em Alá

Mais Budistas Mortos Pelo Islão.

Herr Thilo Sarrazin: Nove Medidas Sobre a Imigração

Deportação massiva de imigrantes muçulmanos

Un niño-bomba se hace estallar causando la muerte de 13 mahometanos

Terroristas pakistaníes preparan atentado contra Ministro católico

Afeganistão: casal apedrejado

ATUALIZAÇÃO: Fotos e vídeos da carnificina perpetrada por FIÉIS MUÇULMANOS no aeroporto de Moscou

a história de allah

maome e violencia– vídeo

Posted in Islão | 2 Comments »