Ataque ao islam ou Islão a nu – Para tomar consciência do terror islâmico e o atacar

A doutrina da Taqiyya e a guerra no Islam

Posted by Conselho Superior do Supremo kalifado em Novembro 9, 2012

A doutrina da Taqiyya (mentira), e a guerra no Islam.  Fonte:   Brasil Soberano 

Outros: Relatório sobre a maldades islâmica – Outubro de 2012

Islamização forçada de crianças cristãs no Bangladesh

Cabul antes do Taliban – Uma imagem vale mais que mil palavras

Liberdade para Tommy Robinson – Free Tommy Robinson

Imigrantes em Paris: problema que os franceses preferem calar

A ‘Inocência dos Muçulmanos’ ou o porque que muçulmanos se dispõem a matar para defender a “honra” de um senhor da guerra do século sétimo

Mulher é acusada de matar o próprio filho por não memorizar o Alcorão

Islão: o que os outros dizem

Aos 7 minutos e 50 segundos, Olavo fala sobre o islam

De: Moçambique para todos:     ALLAH HA-DE ACABAR… (com humor🙂 )

Na Síria, os confrontos entre o Governo e os Rebeldes já perfazem o chocante numero de 40.000 mortos!

Imagens, em directo, de rebeldes gritando, histérica e doentiamente, “AlllahuAkbar”, assassinando, sumariamente, prisioneiros das forcas governamentais entram-nos pela casa adentro, através das TV’s.

Guerra fratricida, onde Allah, mais uma vez, gloriosamente, desempenha o papel principal. Ambas as partes cometem atrocidades em seu nome. De que lado estará Allah?! Só Ele sabe…Disparam rajadas, uns sobre os outros, tipo os gajos da Renamo, alguma há-de acertar, em quem, não interessa…

Saltando para os, muito próximo, vizinhos Sauditas, terra de 7.000 príncipes, 40% de analfabetos, onde o sexo feminino, significa, entre outras coisas discriminatórias, um objecto de prazer, mais de mil mulheres Nigerianas que pretendiam fazer uma peregrinação a Meca (Haj), na altura do Ide, foram todas presas no aeroporto de Jeddah!

Razão?! Não estavam acompanhadas por um Macho Guardião que tomasse conta delas! Outras, “infamemente”, nem sequer tinham uma autorização escrita (guia de marcha) dos seus maridos para viajar! Foram todas recambiadas, tipo mercadoria com destinatário errado!

Em pleno século XXI, na terra de Momade, as mulheres, avos, mães e filhas, são tratadas levianamente, duma forma desrespeitosa e discriminatória. Assim, Allah ha-de acabar!…

No Bangladesh, hordas islâmicas incendeiam 4 templos budistas e 15 casas apenas porque, um gajo qualquer, aparentemente budista, terá “insultado” o Islão!

Estudantes do Corão, no Paquistão, (Talibãs) disparam, barbaramente, sobre miúdas de 14 e 15 anos que apenas desejam ir a Escola!!!

O caso de Malala é realmente chocante!

Estes barbudos, de calo na testa, selvagens, autênticos brutos, em nome do Corão, assassinam crianças que apenas querem ir a escola! Assim, Allah ha-de

acabar!…

Em Burma, confrontos entre islâmicos e budistas fazem 56 mortos e centenas de feridos…

No Líbano, há combates de rua, na capital, entre milícias Sunitas e grupos Alauitas fortemente apoiados pelos Shiitas.

No Iraque, religiosos Sunitas fazem-se explodir, inclusivamente, dentro de mesquitas Shiitas.

Na Líbia, a resistência na província de Khadafi continua causando baixas diárias, em Tripoli, a capital, milícias de facções rivais, disparam uns sobre os outros…

No Afeganistão, um shiita fez-se explodir numa mesquita sunita, causando 58 mortos…

No Iémen, há atentados suicidas entre sunitas e shiitas!

No Bahrein, a família monárquica sunita, impôs um estado de sitio após abafar uma revolta popular da maioria shiita, com a ajuda do poderoso exercito Saudita.

No Islão religioso, o Islão do Corão, intelectuais islâmicos que optam, positivamente, pela Cultura, pela Civilização, desde estudantes universitários, escritores, poetas, pintores, professores, músicos, jornalistas são perseguidos, presos, torturados e assassinados!

Assim, Allah ha-de acabar…

Os Confucionistas

É o caos!… Desde a morte de Momade que não se entendem, odeiam-se, confundem-se, até que, realmente, a morte os separa!

Sunitas, Shiitas, Ismaelitas, Alauitas, Wahabitas, Salafitas, Sufistas, Hanifitas, Kajiritas, Fatimitas, Zaydistas, Ibaditas, Malikitas, Ahmaditas, etc, etc, etc.

Oficialmente legalizados haverá 73 ramos do Islão religioso! No entanto, outras fontes dignas de credito, afirmam que há, efectivamente, 150 ramos!

151…Em Moçambique, existe um grupo significativo, ainda não oficializado, muito pobre e vulnerável, facilmente manipulável e maleável. Aos Domingos, visitam outras confrarias, no entanto, as sextas feiras, é usual vê-los a porta das Mesquitas. São os Marmitas, com todo o respeito!…

Em África, no Mali, dois terços do território já pertencem as milícias islâmicas.

A Sharia e a Burca estão sendo impostas debaixo de um clima de terror. O Corão é Lei! I É o horror medieval…A comunidade internacional está preocupada com as atrocidades cometidas nas povoações Malianas. Já se aventa, nas Nações Unidas, uma intervenção militar, com a participação massiva do exercito Argelino.

Na Nigéria, um jovem islâmico, fez-se explodir dentro de uma igreja católica causando 26 mortos e centenas de feridos!

O Quénia, enfrenta graves conflitos armados nas fronteiras do Nordeste, com assassinos radicais, religiosos islâmicos, vindos da Somália, a Al-Shabaab. Esta manhã, uma igreja crista foi atacada a granada!…

Neste pais, a Somália, este ano, 18 jornalistas nacionais, que criticaram o Islão, foram assassinados e nem uma prisão foi efectuada!…

O Sudão, apoiado pelo Irão dos Shiitas, possui fabricas de armamento que vão abastecendo estes grupos radicais religiosos e suportando o imperialismo islâmico…

Na Tanzânia, na paradisíaca ilha de Zanzibar, outrora um sitio turístico muito procurado internacionalmente, vivem-se cenas de violência nas ruas da cidade. Um movimento radical islâmico, “Uamsho” , suportado pela Al-Shabaab, já reivindica independência do continente.

Em Dar-es-Salam, a capital económica, igrejas cristas são incendiadas por fanáticos islâmicos…

O tráfico de droga descontrolado, vindo do Paquistão, heroína e haxixe, causa na população tanzaniana consumos com proporções epidémicas… Em nome do Islão, em favor do Islão, poderás fazer qualquer tipo de falcatrua e negocio sujo!…

Estes assassinos da Al-Shabaab, organizam células militares com clérigos islâmicos. Estes clérigos radicais não fazem nada na vida a não ser rezar, comer, beber e fornicar. Autênticos parias improdutivos. Mafiosos… Regem-se, fundamentalmente, por uma suna do Corão. “Todos aqueles que não são islâmicos são criaturas amaldiçoadas por Allah”! E, é isso que ensinam as crianças nas madraças.

O oceano Indico, outrora, um sonho de sitio para gozar ferias é, actualmente, um pesadelo!

As Mesquitas, algumas, funcionam como autenticas sedes de partidos políticos onde, alguns clérigos islâmicos, actuam como verdadeiros activistas políticos. O Islão, é um sistema político religioso, imperialista, tendo o Corão como Lei!

A semana passada, sexta-feira, após as rezas, houve confrontos entre protestantes islâmicos e a polícia Tanzaniana, nas ruas de Dar-es-Salam.

Em Moçambique, recentemente, um individuo de aspecto caricato, com bigodes a Hitler, ou Charlot, veio, arrogante e ridiculamente, a publico, afirmar que a inclusão da comunidade islâmica no Governo deveria ser negociada!!!

Sendo assim, também queremos incluir colonialistas portugueses e, entre outros, pastores charlatães da IURD!

Eles, os islâmicos, realmente, podem ter passaportes ou BI’s Moçambicanos mas não são, não podem ser moçambicanos. O Islão não lhes permite outra “nacionalidade” a não ser Islâmico.

A suna 5;44 do Corão diz:

“Não obedecerás a mais nenhuma Lei a não ser as Leis do Islão”

Os Sacanitas

Com o andar do tempo, breve, teremos, certamente, os mesmos problemas que os nossos vizinhos Quenianos e Tanzanianos enfrentam. Simplesmente, obvio e lógico!

As cidades moçambicanas estão parcialmente islamizadas. Todas elas despertam aos gritos de “AllahuAkbar”.

E’ a excelência na poluição sonora e no desrespeito pela laicidade social que Samora Machel nos trouxe…

O Colonialismo trouxe o Catolicismo. A FRELIMO trouxe o Islamismo…

Em algumas famílias laicas moçambicanas, para se persuadir as crianças, com humor, já não se usa mais o Momomo. Hoje, já se diz: “Se não te portas bem, vou chamar o “AllahuAkbar.”

Os potentes altifalantes das duas principais facções islâmicas fazem propaganda político religiosa, invasivamente, logo pela madrugada. Há relógios despertadores, há rádios, há televisões, há telemóveis. Existem uma série de meios para chamarem, cordial e discretamente, os fieis as orações. Eles, arrogantemente, do alto dos seus minaretes, impõem, abusivamente, a sua religião importada.

Os políticos, “tocolizados”, ou seja, corrompidos até ao zipe das calças, nem sequer conseguem fazer cumprir as leis camarárias…

A tolerância, debochada, da Frelimo trará, indubitavelmente, consequências futuras desastrosas. Um dia, terá que acontecer, a Frelimo irá perder as eleições. Nessa altura, só um partido de cariz islâmica poderá tomar conta do poder… O contrario, será sinónimo de violência, de guerra civil. A Frelimo recebeu o pais dos colonialistas e trespassou-o aos islamistas!

Face a esta situação, é preciso apresentar soluções inteligentes, invés de, tal como eles, os islâmicos, partir para a violência gratuita!

Falando sério, sugiro a formação de um grupo espiritual Machelista. Toda a gente gosta de Samora, ele já morreu!… Até temos uma estatua na rotunda! As populações dos distritos, poderiam, em Outubro, fazer peregrinações. O Namuaca, castraria a zona montando barraquinhas de chamussas. No terraço do prédio Branco, poder-se-ia montar uma sede provisória com uma aparelhagem, potenterrima, a passar excertos dos discursos do nosso saudoso , amado e estimado Profeta.

Ele é o nosso último Profeta! Não precisamos importar profetas do estrangeiro, temos orgulho nacional! Um profeta é aquele que prediz o futuro….Ele previu, ente outras muitas coisas, que a maioria dos seus camaradas se tornariam grandes ladrões…

Tendo em conta que as populações preferem ser acordadas com o produto nacional a aparelhagem deve ser ligada 5 minutos antes das outras confrarias…

A estes militantes, voluntários, poderíamos, efectivamente, dar o nome de Sacanitas…

Os Tunazitas

Estes, os Tunazitas, são grupelhos de jovens islâmicos, muitos, de origem asiática, que pelo seu comportamento promíscuo, são condenados, mortalmente, pelo Corão. A principal actividade é cometer o maior pecado no Islão: A Fornicação!… Zina!…

É pior do que beber álcool, é pior do que comer porco. Zina é o maior “Haram” que existe no Islão religioso.

Zina, especificamente, é a prática de sexo pré marital e extra marital.

Ser islâmico significa uma coisa: Reger-se pelas leis do Corão.

Sendo assim, segundo o Corão, as pessoas que praticam Zina, estão sujeitas a 3 tipos de castigos, se calhar, conforme o tipo de fornicação! Há gajos que não são

muito bons neste tipo de pecado: 100 chambocadas no rabo, apedrejamento ou uma avultada multa em dinheiro!

Se o leitor, souber de um Tunazita que ande em situação de Zina pode, facilmente, dirigir-se a Mesquita mais próxima e apresentar queixa contra o fornicador.

Geralmente são grupelhos racistas.

Abusam sexualmente das miúdas de outras comunidades mas, só praticam casamentos endogamicos, ou seja, casam entre eles…

As miúdas de origem asiática são, rigorosamente, proibidas de se relacionarem intimamente com moçambicanos. Hoje, em dia, é normal ver uma branca com um preto. Não é normal ver uma “monhezita” com um preto ou branco…Este tipo de atitude tem um nome!…

Actualização: Os Tunazitas, serão os jovens solteiros, islâmicos, que praticam sexo pré marital.

Os homens casados que praticam a fornicação extra marital, serão, segundo informações ultimas, os Tocolitas…

Os Caganitas

Sendo muito honesto, seriamente!

Tenho amigos islâmicos tão bonitos, lindos! Foram pessoas que me estenderam a mão em momentos de aflição, que se preocuparam com o meu sofrimento.

O Islão da Cultura, o Islão Civilizado é algo que me seduz, cativa, apaixona. É

maravilhoso!…

Estive , por várias vezes, muito perto de me converter ao Islão da Cultura, da

Civilização…

Não o fiz porque o Islão Religioso castrou-me a liberdade intelectual. O Islão religioso é castrador…

Na minha Mente, ninguém mente, apenas ela…

Não obstante, eu continuo a identificar-me e a apoiar aquele ramo do Islão da Cultura, da música, da pintura, tolerante, empático, sociável, simpático, civilizado…

Foram os Islâmicos que inventaram o Alambique e o Álcool.

Tenho amigos islâmicos que não deixam de ser islâmicos porque bebem um wisquizito ou uma cervejinha moderadamente, com responsabilidade….

Duma forma muita modesta, pacífica e humilde costumam dizer: “Caguem lá para

mim”…

Eu, envolvo-me e apoio este grupo: Os Caganitas…

PS: Desculpem, não sei escrever segundo o novo acordo ortográfico, para além disso, o arroz que cozinhei já tem “mahoho”, bye.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: