Ataque ao islam ou Islão a nu – Para tomar consciência do terror islâmico e o atacar

Bem dito!

Posted by Conselho Superior do Supremo kalifado em Agosto 12, 2014

 Comentário daqui: http://oinsurgente.org/2014/08/11/a-primazia-moral-da-pulverizacao/

A memória é tão curta! 
O “problema” é vasto e antigo… Tem raízes no expansionismo imperialista maometano que “construiu” o Islão como cartilha política para submeter povos e castrar a reflexão crítica dos próprios seguidores. O “inventor” desta ideologia totalitária, supremacista e cruel, é o “ditador” mais bem sucedido e duradouro que existe na História humana.
É um “hitler” universal que superando a própria morte deixa a herança duma “receita macabra”, um veneno que, século após século, continua a espalhar atritos, selvajaria, mentira e morte. O expansionismo das potências ocidentais no século XIX e XX. e a incapacidade árabe para gerar riqueza mantiveram a situação adormecida. A tal ponto que a memória dos povos substituiu os horrores medievos dos “mouros” pelo exotismo delirante dum mundo de “Mil e Uma Noites” que nunca existiu.
Hoje confrontados com uma realidade nova, continuamos a confundir as pedras no tabuleiro, e a dar “tiros nos pés”… É exemplo disso a retórica política contra a ganância ocidental pelo “petróleo”, quando afinal de contas apenas procuramos manter a possibilidade de o comprar… Entretanto, do “outro lado”, os “vendedores”, acumulam fortuna, e entre mirabolantes e infames desperdícios alimentam a “reconquista” – ou a “conquista” -, até que a bandeira da Jihad seja içada em Washington…
O mal não está nos “fundamentalistas”, ou “radicais”. A solução não está nos “moderados” (uma “invenção” absurda… Existem cristãos moderados? Ateus moderados? Benfiquistas moderados?). A solução está em reconhecer e respeitar o inimigo: primeiro entendendo-o como tal, segundo: combatendo-o com firmeza e sem hesitações. O inimigo é, de facto; o Islão. O combate implica perseverança, inteligência e subtileza. É uma luta política, ideológica, eventualmente repartida por muitas batalhas ao longo de décadas ou séculos. Passa por libertar povos e convencer pessoas. Em certa medida é um combate parecido – mais mais longo – do que aquele que derrotou o comunismo. Neste caso a ideologia do adversário é ainda mais feroz… Não come criancinhas ao pequeno almoço. porque já as comeu antes…
Enquanto tal não acontecer é a própria civilização que estará em risco.
(editado)

Mais: Líder diabólico em visita a Marrocos: “morreram 486 crianças em Gaza, mas entretanto nasceram 4.500”

islamicState

Pela doutrina islâmica o maometano allah sabia de todo o futuro.

Assim sendo ele sabia de todos os crimes feitos por sua inspiração e não fez , escreveu ou ditou as palavras necessárias e suficientes para os evitar, o que só prova que esse allah maometano era mau do mundo mau e nesse mundo o pior. Até nesse seu mundo era único por ter destruído todos os outros. Porque se houvesse 2 allahs, andariam em guerra. Isto é o que os próprios maometas alegam.

No tempo do nazismo, muitos nazistas de topo não sabiam das barbaridades de hitler, mas hoje muitos maumetas já sabem das barbáries do islam, e o que mais fazem é justificarem-nas ou fecharem os olhos.

Muçulmanos mostram REALIDADE de Gaza!

Extermínio a Ferro e Fogo

As ordens do Estado Islâmico são claras: “matem-nos, onde quer que se encontrem.” O grupo terrorista Estado Islâmico assume o controlo…

Muçulmanos mostram REALIDADE de Gaza!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: