Ataque ao islam ou Islão a nu – Para tomar consciência do terror islâmico e o atacar

É hora de darmos um basta à islamização

Posted by Conselho Superior do Supremo kalifado em Dezembro 19, 2014

http://infielatento.blogspot.com.br/  Diz parlamentar suiço.  “Humanistas da Europa: é hora de darmos um basta à islamização”, 

A leitura do Alcorão durante a execução da mulher é a prova que o Livro Sagrado do Islamismo dá todo suporte teológico para o crime de honra. 

150 Milhões de Cristãos Perseguidos pelo Islamismo.

Taliban spokesman: “The Peshawar attack is in complete accordance with the Prophet’s teachings” No islam o maometano allah supostamente sabia o futuro todo, logo sabia que esta e outras barbáries iriam acontecer e assim quis que fosse. O que só prova que o maometano allah era pior que coisa má.

EGYPTIAN ex-Muslim says: “Islam is a criminal faith and the quran is full of teachings that incite Muslims to hatred and murder”

Hey, Cameron, despite your protestations to the contrary, Islam is NOT a religion of peace

Muslims Kill More People Annually Than 350-Yrs of the Spanish Inquisition

Taliban insist the slaughter on children was absolutely according to the Quran

The New Holocaust has started and the doors of Europe and United States are closing

Saudi Arabia Makes New Law: If You Get Caught Bringing In Bibles You Will Be Executed

Uma resposta to “É hora de darmos um basta à islamização”

  1. Including Contemporary

    É hora de darmos um basta à islamização « Islão a nu – Para tomar consciência do terror

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: