Ataque ao islam ou Islão a nu – Para tomar consciência do terror islâmico e o atacar

idiotas traidores e criminosos ao serviço do execrável e abominável islam

Posted by Conselho Superior do Supremo kalifado em Agosto 4, 2016

Ajudando a divulgar verdades que idiotas traidores e criminosos não querem que as pessoas saibam:  Brigada dos Mártires da Mesquita do Diário de Notícias

“…Dissemos há dias que os jornalistas europeus se preparavam para censurar nome, nacionalidade, motivações e religião dos terroristas islâmicos. Não é nenhum segredo, agora que existe Internet e sites de Informação real (e não de fretes, propaganda e venda de papel a granel) como o Dreuz.Info….”

Estes são alguns dos sites que se dedicam à missão de mostrar o que é o Islão e a sua guerra contra o Mundo:

Mais idiotas criminosos .  Brussels’ plan to INCREASE migration to Europe blasted by furious German MPs “…Novas ideias para DESTRUIR A EUROPA, anunciadas por JEAN CLAUDE JUNCKER, da UE.
Os REFUGIADOS ISLÂMICOS que se encontram na Europa, vão ter agora o direito de trazer também para a UE; avós, tios, tias, primos, primas, sobrinhos, netos, etc. Tribos inteiras vão ser autorizadas a estabelecerem-se na Europa, e com TODOS OS CUSTOS PAGOS pela UE. Juncker diz especificamente, que ele quer facilitar os AFRICANOS (islamitas) a virem para a EU….” A ser verdade é pior que mau.

“O Papa está errado. Estamos sofrendo ódio por parte de uma anti-religião”.

“Enquanto os terroristas insistem em falar a verdade que sua guerra é baseada na fé islâmica, o papa nestes dias veio dizer que os terroristas “não sabem bem o que falam”. O Estado Islâmico se defendeu dando uma resposta ao papa rejeitando suas declarações de que a guerra travada por terroristas islâmicos não é de natureza religiosa.
“O Papa Francisco “tem lutado contra a realidade” em seus esforços para retratar o Islã como uma religião de paz,… “

A vontade de fazer o mal no islão

Onze pessoas são castigadas em público após descumprir lei islâmica na Indonésia

ESTADO ISLÂMICO RESPONDE AO PAPA: NOSSA RELIGIÃO, o islam,  É DA GUERRA E NÓS TE ODIAMOS– Em verdade todo o islam é do ódio e só do ódio.

Como já foi dito e provado, no maldito e criminoso islam, nem allah maomé ou o corão escaparam ao ódio e maldade dos muçulmanos. No islam, maomé matou allah, allah matou os pais filhos e o próprio maomé. Os escritos do tempo de maomé foram todos destruídos, e nem hoje os muçulmanos permitem que maomé fale, no sentido lato do termo, pois muitas informações ainda se podiam obter de seu cadáver e pertences.

O escritor britânico católico Hillaire Belloc sobre o Islão

Esquerdistas alemães molestadas por muçulmanos

 

muçulmanos divulgam ‘manual’ para orientar ataques durante os jogos olímpicos, no RJ

Como Funciona a Mente de um Jihadista

Cristãos Inúteis Tratados Como Animais

Over 670mil non-Muslims massacred since the birth of Islam

Uma voz católica que vem da Síria, mas silenciada pela mídia internacional

“Quantas cabeças serão cortadas para que os governos europeus se dêem conta?”, interroga Cardeal Sarah

images5

 

Isto foi o limite

Declaração do Papa Calisto III na sua consagração como Sumo Pontífice (1455)  Eu, Papa Calisto III, prometo e juro à Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, a sempre Virgem Mãe de Deus, aos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, e todo o exército celestial, que farei tudo em meu poder, mesmo se for necessário, com o sacrifício da minha vida, auxiliado pelo conselho dos meus irmãos dignos, para reconquistar Constantinopla, que, em punição para o pecado do homem, foi tomada e arruinada por Maomé II (o sultão turcomano), o filho do diabo e inimigo do Nosso Crucificado Redentor. Além disso, eu me comprometo a libertar os cristãos definhando na escravidão, a exaltar a verdadeira fé, e a extirpar a seita diabólica deste réprobo sem fé, o Maomé do Oriente. Pois no Oriente, a luz da fé está quase completamente extinta. Eu não irei esquecer-me de ti, ó Jerusalém, que a minha mão direita seja esquecida. Que a minha língua fique presa dentro das minhas mandíbulas se eu não me lembrar de ti. Se eu não fizer de Jerusalém o começo da minha alegria, Deus e Seu santo Evangelho me ajudem. Amém.

Papa Calisto III (1378-1458, Papa entre 1455 e 1458), o espanhol Alfonso Borja que compreendia perfeitamente a crueldade da expansão islâmica e a necessidade de combatê-la (The Glory of Christendom, 1100-1517, A History of Christendom, Volume 3, de Warren H. Carroll, Christendom Press, 2004).

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: